orientação para tirar medidas

Oriente-se pela imagem e pela tabela de tamanhos, mas atenção: não aperte a fita, deixe-a justa, mas sem apertar.
A dica para quem for se medir sozinha é ficar em frente a um espelho grande.Vamos as principais medidas:
• Busto: passe a fita métrica por debaixo das axilas, contorne todo tronco, deixe a ponta da fita para frente, tire a medida do ponto mais saliente do busto.
• Abaixo do Busto: Esta medida é a linha de baixo do sutiã.
• Cintura: Passe a fita em volta da cintura no ponto mais estreito. A cintura fica mais ou menos a dois dedos acima do umbigo.
• Quadril: Contorne a fita na parte mais larga dos quadris.
• Altura do vestido: Para saber a altura do vestido, meça da linha abaixo do busto (linha do sutiã) até as pontas dos pés.

Como tirar medidas

Como tirar medidas

Pesquise no blog KZ

27 de jul de 2010

Dicas para uma boa alimentação

1. Evite dietas milagrosas em que há uma grande eliminação de peso em um curto período de tempo.
2. Não faça uma alimentação baseada em somente um tipo de alimento ou nutriente.
3. Mesmo tendo exagerado nos dias anteriores, faça, pelo menos, 5 refeições por dia.
4. Pequenos lanches entre as refeições principais irão evitar a vontade de devorar o primeiro prato que encontrar pela frente.
5. Não belisque entre as refeições.
6. Esqueça dos snaks (salgadinhos) e da bolacha recheada.
7. Deixe na gaveta do escritório barrinha de cereais, bolacha integral (ingira, no máximo, 3 unidades).
8. Frutas e iogurtes light são excelentes lanches.
9. Se tiver vontade de comer um doce, coma-o. Mas lembre-se: somente um pedaço ou unidade. Isso é melhor do que devorar uma caixa de bombom no final do dia.
10. Comece sempre as refeições por um caprichado prato de saladas.
11. Evite o uso de óleos para temperar as saladas. Use vinagre ou suco de limão.
12. Macarrão é permitido, mas cuidado com o molho.
13. Molho branco, quatro queijos, bolonhesa são muito mais calóricos quando comparados com o ao sugo. Portanto…
14. Não repita a refeição.
15. Evite beber refrigerantes, mesmo os light ou diet.
16. Evite água gaseificada. Bebidas com gás dilatam o estômago dando uma falsa sensação de saciedade.
17. Bebidas energéticas tipo Gatorade devem ser evitadas. São calóricas e, para não atletas, a água ainda é o melhor hidratante.
18. Prefira sucos naturais.
19. Utilize adoçantes nos sucos e no cafezinho.
20. Beba, no máximo, 4 xícaras pequenas de café por dia.
21. Ingira bastante água durante o dia. No mínimo, 1,5 litro ou 8 copos.
22. Leve sempre uma barrinha de cereais na bolsa. Quando a vontade de comer alguma coisa aparecer, você já tem algo em mãos.
23. Ingira todos os dias legumes.
24. Coma diariamente 2 frutas.
25. Prefira ameixa, melancia, melão, morango que são menos calóricas.
26. Cuidado com as frutas secas. Por serem desidratadas é fácil ingerir mais calorias do que as naturais.
27. Ingira carnes menos calóricas como peixe, frango (peito), peru, patinho, contra-filé.
28. Cuidado com o salmão. Ele apresenta mais calorias do que outros peixes.
29. Retire a pele das aves. Ela contém basicamente gordura.
30. Evite atum e sardinha conservados em óleo. Já existe a versão light.
31. Miúdos e vísceras são ricos em gorduras saturadas. Então, minimize o consumo desses alimentos.32. Retire a gordura visível das carnes, como por exemplo, a da picanha.
33. Evite alimentos fritos. Dê preferência ao grelhados ou cozidos.
34. Embutidos (mortadela, presunto, salame) devem ser evitados.
35. Enlatados são ricos em sódio, por isso, prefira os alimentos naturais.
36. Manteiga, creme de leite, chantilly, massa podre são ricos em calorias e colesterol. Evite-os.
37. Queijos amarelos (mussarela, provolone, prato, parmesão) devem ser evitados.
38. Dê preferência aos queijos brancos como o de minas, frescal, ricota e cottage.
39. Evite as preparações gratinadas.
40. Dê preferência aos alimentos desnatados como leite e iogurtes.
41. Se não tem boa aceitação ao leite desnatado, fique com o semi-desnatado.
42. Evite chocolates, inclusive o diet.
43. Ingira alimentos ricos em fibras como legumes, verduras e frutas.
44. Consuma maçã, pêra, uva com a casca.
45. Pizza prefira as menos calóricas como de escarola, rúcula, mussarela. Mas fique somente na primeira fatia.
46. Tomate seco, por ser conservado em óleo, deve ser evitado.
47. Bebidas alcoólicas são calóricas. Consuma esporadicamente e em pequena quantidade.
48. Uma taça de vinho diariamente faz bem para a saúde. Mas nada adiantará se não tem o hábito da boa alimentação e é sedentário.
49. Em barzinhos evite os petiscos como amendoim, batata frita, castanha de caju, carne seca ou salgadinhos.
50. Evite os fast-food. Os alimentos servidos são normalmente ricos em gorduras.
51. Se não tiver saída, prefira uma unidade de cheeseburguer, refrigerante light e batata frita pequena. Dispense a sobremesa.
52. Em restaurantes por quilo, passe primeiro por todas as opções antes de escolher os alimentos. Isso evitará exageros.
53. Para a sobremesa, prefira frutas da época.
54. Evite sorvetes de massa. Opte pelo picolé de fruta.
55. Em sorveteria por quilo, prefira os sorvetes de frutas. Passe reto nas coberturas e chantilly.
56. Nunca vá ao supermercado com fome. Vá sempre após uma refeição. Isso evitará pegar balas, chocolates e salgadinhos.
57. Não compre alimentos que devem ser evitados.
58. Compare os rótulos dos alimentos e verifique se os light e diet são menos calóricos. Nem sempre isso é verdade.
59. Nunca acumule a fome. Por isso deixe na geladeira legumes picados (cenoura, pepino, salsão) e gelatina diet. Eles não prejudicarão o seu emagrecimento.E, por fim, vale essa dica:
60. Movimente-se!! Você não precisa ir A academia! Caminhar 3 vezes por semana pelo bairro, por 40 minutos cada sessão, irá ajudá-lo a ter mais saúde!

Como deixar seu parceiro mais romântico

Por mais que você seja uma mulher moderna e tenha plena consciência de que a vida nem sempre é igual a um enredo de cinema, nada impede você de se encantar com um gesto ou uma atitude romântica. Seu parceiro pode não fazer o estilo do galã do filme e, sim, o tipo mais “durão” e contido. E talvez ele nem desconfie que você gosta deste tipo de atitude e neste caso, nada como você dar uma ajudinha para criar um clima mais romântico no seu relacionamento. Para a psicóloga Silvana Martani, quem quer mais romance em um namoro ou casamento não pode demonstrar que a relação está perfeita. “As mulheres não podem fingir estarem satisfeitas, quando na verdade querem mais carinho e atenção. Se elas não demonstram que o relacionamento precisa de mudanças e nem mesmo estimulam este tipo de atitude fica bem difícil fazer com que o homem perceba esta falha”, declara. Segundo a psicóloga Renata Soifer, também é necessário ter consciência de que carinho e romance são coisas absolutamente diferentes. “Você pode ser carinhoso com um filho, com um amigo, com seus familiares e até com um funcionário, sem ser romântico. O carinho é uma forma de expressar seus sentimentos ao outro que pode ou não incluir contato físico. Já o romance, inclui a idéia de paixão, que seria continuar alimentando aquele conjunto de sensações que fazem com que a vida pareça ter sentido”, explica. Se a idéia é ter mais romantismo, de acordo com a psicóloga Renata Soifer, a melhor maneira é ter uma postura semelhante com o parceiro. “Para que seu parceiro seja mais carinhoso, penso que a melhor atitude seria ser carinhosa com ele. Diminuir as expectativas e procurar doar seu carinho e cuidados. O toque é um veículo fantástico para isso. Por tanto a massagem, o cafuné e o abraço são exemplos de como podemos oferecer esse carinho para a pessoa amada”, enfatiza Renata. Na opinião da arquiteta Marcela Arruda, 24 anos, todo mundo tem um pouco de romantismo, só que em umas pessoas isso se torna mais explícito. “Preparar um jantarzinho bem gostoso, fazer mimos para seu parceiro, como deixar um bombom no carro com uma mensagem de carinho, podem despertar a vontade de retribuir”, conta. “Quando a gente realmente gosta de alguém, faz coisas que achava que jamais iria fazer e muitas vezes inconscientemente. Só que o romantismo pode se tornar algo piegas se as ações forem forçadas”, completa. A psicóloga Renata Soifer também concorda que não há problema em expor para seu parceiro que você quer mais romantismo na relação, só que é preciso tomar cuidado para que as exigências e expectativas em cima do outro não sejam muito altas. “Em um relacionamento, conforme vamos conhecendo o outro, aquilo que projetamos se choca com a realidade e acaba causando frustração”, explica. “Por mais que você queira um parceiro romântico, não pode forçar uma situação. O relacionamento inclui a aceitação, admiração e desejo pelo outro como ele é e não como gostaríamos que ele fosse”, acrescenta.“A maior motivação que podemos ter para o romantismo é fazer a pessoa que amamos feliz, desde que isso não modifique os nossos valores”, diz a consultora de telecomunicações Tábitha, 23 anos, que preferiu não ter o sobrenome revelado. “O cuidado deve existir para que o romantismo não seja banalizado nas relações. Se isso não acontecer, ele só agregará coisas boas". " Meu recado para as mulheres é que resgatem os aspectos femininos que estão sendo cada vez menos valorizados pela nossa cultura. Valores como o sentimento, a afinidade, compaixão e flexibilidade, foram desvalorizados em detrimento a supervalorização do lucro e status acima de tudo”, relata a psicóloga Renata Soifer. Silvana Martani ainda acrescenta: “o romance dá o tempero, brilho, cor, emoção e faz toda a diferença em um relacionamento e vale a pena experimentá-lo”.
Por Silvana Martani e Renata Soifer - http://www.tudook.com

Drinks sem alcóol

Drink de maracujá

Ingredientes:
1 lata de leite condensado ;
4 latas de água (medir na lata acima);
1 e 1/2 xícaras (chá) de suco de maracujá concentrado.


Preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador.
Acrescente gelo picado e sirva a seguir.




Aluá

Ingredientes
1 abacaxi médio
2 litros de água
Açúcar mascavado (opcional)
Cravinho a gosto
1 colher de chá de gengibre ralado (opcional).

Modo de preparo:
Cortam-se fatias grossas da casca de um abacaxi (ananás).
Colocam-se as cascas em uma panela e cobre-se com água. Deixa-se fermentar durante pelo menos um dia (quanto mais tempo as cascas ficarem a fermentar, mais alcoólica ficará a bebida).
Coa-se a bebida e adicionam-se os restantes ingredientes.
Serve-se frio


Milk-shake de melão

Ingredientes
1 e 1/2 xícara (chá) de cubinhos de melão tipo príncipe
1/2 xícara (chá) de leite;
3 colheres (sopa) de leite em pó;
1 colheres (sopa) de mel.

Preparo:
Bata no liquidificador todos os ingredientes.
Despeje em copos altos gelados.
Enfeite com melão, se desejar.
Dica:
Se quiser, troque o melão por 1 kg de morangos.
Essa receita é muito interessante quando o tema for anos 60.


Coquetel maravilha -

Ingredientes
1 vidro de suco de caju
1 vidro de suco de laranja;
1 vidro de suco de maracujá;
1 lata de creme de leite, sem o soro;
Açúcar e gelo à gosto.

Preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador.
Sirva gelado

Modelos de bolos 15 anos






Cabelos para 15 anos



















A debutante

1. Será que combina?
Não é porque a debutante “pode tudo”, que não precisa ficar sabendo quais são os tons que realmente têm a ver com ela. Portanto, anote aí: se você é negra, use amarelo, azul-turquesa, verde-esmeralda, pistache, rosa luminoso e tons pastéis. Se você é branca, opte por rosa-nude, azul-cobalto e tons de violeta. Caso você seja morena, a melhor saída é escolher tons dourados e avermelhados. Esqueça cores frias, como prata, azul-escuro, chumbo e marrom. Já as orientais devem tomar cuidado com amarelo e verde, mas podem abusar do vermelho e dos tons alaranjados.

2. Cores
As cores para vestidos mais pedidas são lilás, rosa, vermelho e o tradicional branco. Mas se sua escolha não chega nem perto desses tons, não se preocupe. Na sua festa, você tem o direito de se vestir da maneira que bem entender. Até o preto é permitido!

3. A hora da troca
Aquela história de trocar de vestido à meia-noite voltou com tudo! Portanto, você pode receber seus convidados com um vestido curto e, na hora das 12 badaladas do relógio, pode surgir com um vestido suntuoso, do tipo “sim, faço parte da sociedade, já tenho 15!”. Agora, se a sua festa for “a balada do ano”, é legal receber os convidados com um vestido longo e, depois, trocar por um curtinho, pra se acabar na pista. Se você quiser, no entanto, pode usar dois longos ou dois curtos, sem neuras. Porém, se a grana estiver curta, uma boa opção é fazer um vestido com uma saia removível. Você pode tirar e pôr na hora que bem entender.

4. Odeio vestido!
Se você não curte usar vestido, nem saia, aqui vai uma opção fashion e chique: mande fazer uma regata de paetês, ou toda bordada, e use com um short curto de barra italiana, também bordada. Na hora de receber os convidados, complete o look com uma sobressaia, de tecido leve, aberta na frente. Lá pelas tantas, tire essa “espécie de cauda” e caia na balada! Esse visual pode ser usado com um sapato boneca e uma meia-calça bem transparente. Mas, lembre-se: para encarar esse look, é preciso ter personalidade. Nesse caso, sua festa precisa ser bem despojada.

5. Traje das damas
É preciso tomar muito cuidado com este assunto, afinal, quem tem que brilhar é a debutante, e não as damas. É claro que o vestido delas tem que ser bonito, mas o da aniversariante é que deve chamar mais atenção. Uma dica é mostrar para elas um modelo de vestido padrão, e dizer qual tecido usar. A partir daí, cada dama pode mexer um pouquinho na base – isso, claro, com a aprovação da debutante. O essencial é que o modelo da alça e do decote seja igual para todas as 15 garotas.

6. Na cabeça
A debutante pode usar o acessório de cabelo que preferir, porém, alguns adornos estão em alta. São eles: flores de tecido, presilhas de pedraria e fitas, entremeando cachos, tranças ou um coque soltinho. Mas, antes de definir o acessório de cabelo, você terá que saber como será o seu modelito. Cada uma dessas sugestões dependerá muito das características do seu vestido.

7. Cuidado com joias e bijuterias!
Mais uma vez, será o modelo do seu vestido que irá determinar que joia ou bijuteria usar. Vestidos superbordados, até o pescoço, por exemplo, dispensam colares e gargantilhas. Nesse caso, um brinco discreto já completa o visual. Outra peça que requer muito cuidado é o bracelete. Use-o apenas se você tiver um braço fininho.

8. Nos pés
Sapatos do tipo chanel, boneca ou peep-toe são sempre mais elegante que sandálias, que, aliás, só caem bem com vestidos de tecidos leves e modelos esvoaçantes. Além disso, se você optar por ficar com os pezinhos de fora, não se esqueça de marcar uma horinha no pedicure.

9. Nas mãos
Luvas não caem de moda quando o assunto é festa, mas elas precisam combinar com o estilo de vestido que você decidiu usar. De qualquer forma, nunca se esqueça da famosa regra: à noite, luvas devem ter cano longo. Caso seu vestido faça o tipo romântico, pode até usar uma luva curtinha. Para completar, anote a seguinte dica: quem tem braço curto e gordinho não pode usar esse acessório.

10. Inverno e verão
A estação do ano não exerce influência sobre a moda festa. Entretanto, usar sandália no inverno é gafe, e ponto final. Isso não se discute!

11. Tecidos
Organza, gazar, shantung, zibeline, crepe chanel, chiffon de seda pura, musselina, tafetá e cetim estão sempre em alta quando o assunto é vestido de festa. Mesmo assim, a grande tendência do momento são os tecidos e as cores brilhantes e luminosos. Sim, a debutante precisa brilhar muito!


12. Seios
As aniversariantes que têm seios pequenos devem tomar cuidado com decotes em V. O melhor a fazer é optar por decotes quadrados, em U ou tomara que caia (com enchimento, claro). Já as debutantes de seios grandes podem usar decote em V, puxando para as laterais. Esse truque explora bem a beleza natural do busto.


13. Altura
As baixinhas precisam tomar cuidado com vestidos que cortam a silhueta – isso as deixaria mais baixas ainda! Elas devem escolher modelos inteiriços, ou com corte abaixo do busto, para alongar a silhueta. Já as debutantes altas podem abusar de vestidos amplos, com cortes na região da cintura.


14. Quadril
Quem tem quadril largo não deve, de modo algum, usar o famoso modelo sereia. O vestido não precisa ser muito rodado, mas tem que ser evasê a partir da altura do quadril. As meninas que, por outro lado, não têm quadril muito largo, podem escolher modelos com volume na região do bumbum.


15. Peso
Se a debutante estiver fora do peso, é legal escolher um modelo que explore a área do colo, que seja inteiriço e que tenha cortes verticais. Caso queira usar um vestido leve e esvoaçante, é melhor que ele tenha um forro, de tecido um pouco mais pesado, para não marcar demais. Já as aniversariantes muito magras devem decidir por vestidos amplos, com detalhes de babados, drapeados ou plissados.


Por Ana Carolina Giarrante

Mesa de Docinhos

Em uma festa a mesa de doces deve ter uma atenção especial, veja aqui algumas dicas.

1-A cada 10 unidades, escolha um novo sabor. Por exemplo, 1000 doces, 10 tipos de sabores.
2-Para agradar a todos, escolha pelo menos um tipo de doce de nozes, um de ovos, um de amêndoas, um de fruta e um de chocolate. Doce de chocolate pode ter vários, são os favoritos da maioria.
3-Importante ter uma garçonete designada a tomar conta da mesa de doces: retirar as forminhas vazias e repor os doces quando estiverem acabando.
4-Calcule 5 doces por convidado.

Mais dicas para os seus 15 anos

1-Os anfitriões convidam seus melhores amigos para um baile de gala, onde apresentarão a jovem moça à sociedade.

2-Entre em contato com uma empresa ou com um especialista e solicite o planejamento/orçamento.

3- Naturalmente que os pais devem entrar em sintonia com a filha, não só para saber como ela quer festejar, mas também para informá-la do orçamento familiar.

4-As famílias católicas costumam mandar celebrar missa já as evangélicas um culto, que pode acontecer na véspera da festa, no mesmo dia pela manhã, ou ainda algumas horas antes da recepção.

5-Várias são as maneiras de comemorar: festa dançante, jantar à americana, almoço num sítio, chá ao cair da tarde,

6-Se o desejo é celebrar em grande estilo, como manda a tradição, a opção recai sobre a festa num clube ou buffet, que deve começar entre 21 e 22 horas, dando tempo assim para que se cumpram todos os rituais.

7-As flores são as mais indicadas para a decoração, sendo que os tipos de arranjos variam de acordo com o salão e as cores escolhidas pela aniversariante.

8-Esqueça os balões, pois eles são indicados para festas infantis, e, com certeza, o que a menina-moça menos quer é se assemelhar a uma criança.

9-O jantar “self-service” é o que mais se adapta a uma festa grande. Na buffet são dispostos pratos quentes (em réchauds) e frios.

10-Os docinhos ficam separados, e ainda pode ser montada a mesade licores e cafezinho.

11-O bolo deve ocupar posição de destaque, posicionado em uma mesa especial, com direito à renda, tule, fitas e flores.

Preparação de Festa de 15 Anos

15 anos. Chegou o grande momento para menina que agora será apresentada como mulher.
É quando a família da então menina comunica à família e amigos que ela cresceu, que está se tornando uma menina-moça. E a melhor maneira de celebrar esse momento é por meio de uma grande festa. Trata-se de um grande acontecimento social dos mais relevantes porque além da alegria de viver, fortalece os laços de amizade e afetos. Por tudo isso, é essencial o planejamento de uma festa tão tradicional e esperada pelos pais e avós.

12 meses antes

-Como a menina está em uma fase de transformação talvez seja necessário um curso de dança, etiqueta e passarela. Isso a ajudará na nova fase de sua vida.

11 meses antes

- Uma avaliação estética, rosto e corpo, podem ajudar na autoconfiança da aniversariante.

10 meses antes

- Deve ser contratada uma empresa especializada em festas de 15 anos.

- Defina o estilo. Se for uma festa tradicional, convide os 14 casais ou cadetes. Para uma festa mais moderna, pense na possibilidade de contratar um ator em evidência. Festas temáticas pedem opções criativas junto ao cerimonial.

- Trace os custos e o cronograma.

- Faça a lista de convidados.

9 meses antes

- Defina a data.

- Contrate o local.

- Dê início à contratação dos serviços e profissionais.

8 meses antes

- Escolha o buffet, o bolo e as lembranças.

7 meses antes

- A decoração deve parecer com o estilo da garota.

- Escolha a música que animará os convidados.

- Fogos de artifício e acessórios divertidos para os convidados garantem a descontração de todos.

6 meses antes

- Escolha o atelier que irá fazer o vestido. Lembre-se que geralmente são usados dois vestidos, porém não é uma regra. A escolha fica a critério da aniversariante. Você pode também alugar o vestido.

- Cabelo e maquiagem com ótimos profissionais garantem o visual.

- Compre o sapato.

- Escolha a jóia. O tradicional é o anel de brilhante presenteado pelo pai.

5 meses antes

- Mande fazer os convites, que devem combinar com o tema da festa.

- Faça o Book Fotográfico e a Filmagem.

3 meses antes

- Faça a reserva na igreja para a missa em comemoração a aniversariante.

1 mês antes

- Faça as prévias- Distribua os convites

15 dias antes

- Confirme a presença dos convidados

- Faça o chek list dos profissionais contratados

Anel de 15 anos

Dar uma festa de 15 anos por si só já é um grande presente, porém igual ao casamento, nas festas de 15 anos também temos que seguir algumas tradições que já existem há muitos anos e que até hoje são usadas.
Quanda as meninas que completam 15 anos exiote a tradiçao do pai ou padrinho presenteá-la com uma jóia: o mais usual é o Anel de Brilhantes.
Como vemos na história essa festa é um rito de passagem onde os pais apresentam sua filha à sociedade, porque agora ela não é mais uma criança e em tese uma mulher, por isso o termo debutante tem origem da palavra francesa débutant que significa iniciante.
Do mesmo modo que a troca de vestidos, a valsa, os casais, as velas, entre outras partes dessa cerimônia, a entrega da jóia também sua simbologia, que a de representar essa mudança para a jovem aniversariante. Antigamente a criança não era podia usar jóias, somente as mulheres mais velhas podiam usar esses adornos. Normalmente a entrega do presente, nas festas mais tradicionais, é na 3ª parte da festa, o baile. É nesse momento do aniversário que entram os 14 casais, o príncipe, os padrinhos e pais e após todos já estarem acomodados no local é que a princesa entra já com sua roupa de valsa. Antes de dar iniciar às danças, normalmente é o pai quem coloca a jóia no dedo médio da mão direita da filha. Mas isso não é uma regra. Comprar o presente pode partir tanto dos pais como dos padrinhos. Caso a iniciativa seja do padrinho, pode ser ele a presentear a enteada no momento da cerimônia.

23 de jul de 2010

Cartório de Rio das Ostras


Entrem em contato também por e-mail "cartoriounico@hotmail.com" ou telefone (022) 2764-1773 / (022)2760-5662 ou enviar um fax para (022)2764-3139, para esclarecer qualquer dúvida.

Arroz e Feijão

A dupla dinâmica do prato dos brasileiros, o arroz com feijão tem aparição diária em nossos pratos e é um casamento perfeito.A maioria dos grãos não tem em sua composição o aminoácido lisina, enquanto nas leguminosas falta a metionina. Juntos eles contém os 8 aminoácidos essenciais para o organismo humano.Aqui vamos falar do modo de preparo básico, e algumas dicas para facilitar seu preparo e digestão, mas sempre vale seguir aquele truque que a mãe ou a vó da gente ensinou.

ARROZ
Esse modo de preparo serve para quase todos os grãos.

Porção: cerca de meia xícara por pessoa (se usado como acompanhamento).

Tempo de cozimento: de 30 minutos a 1 hora (dependendo da espécie de arroz, da marca e do tempo de molho).

Qual tipo usar: orgânico, não refinado, integral.

Armazenamento: Recipiente bem fechado, de preferência de vidro (plásticos podem soltar resíduos químicos).


Antes de cozinhar:
Lave em água fria corrente. Isso retirar resíduos indesejáveis e reanima sua energia dormente.
Coloque de molho em água filtrada ou mineral de 1 a 12 horas. Isso retira o ácido pítico e ajuda na digestão.
Refogue numa panela seca (sem óleo ou água) em fogo médio até sentir o aroma. Isso realça o sabor natural, faz os grãos cozinharem por igual, e diminui o sabor residual amargo que porventura possa ter.

Ao cozinhar:
Acrescente os temperos que gosta, como alho, cebola, sal, mas se aventure com novos, como ervas ou algas, ou ainda vegetais, como cenoura e beterraba. Isso adiciona sabor e nutrientes. Refogue todos juntos com o arroz no óleo de sua preferência para prevenir que os grãos grudem. Não deixe dourar, pois isso adiciona um gosto amargo indesejável, e dificulta a digestão. Acrescente água assim que arroz começar a ficar transparente.
Coloque a água para ferver antes de começar o refogado, assim ela estará na temperatura ideal quando precisar acrescentá-la.

A quantidade é de 2 xícaras de água para cada xícara de arroz.
Depois que colocar a água na panela, não mexa mais. Ao mexer, o amido do grão se quebra, e o faz ficar grudento. A excessão é o arroz arbóreo para risotto, pois o prato pede a consistência mais cremosa que o amido proporciona.
Cozinhe sempre em fogo brando, com a panela com tampa semi-aberta, até a água secar.

Após o cozimento:
Teste se o grão está cozido, mordendo um ao meio e conferindo que ele não tem mais uma parte branca por dentro e está todo translúcido. Caso precise de mais tempo de cozimento, acrescente água fervente (cerca ce meia xícara) e cozinhe por mais 5 minutos.
Mexa os grãos com um garfo, ‘afofando’, e deixe-o descansar no vapor da panela por 10 minutos.

FEIJÃO
Esse modo de preparo serve para quase todas as leguminosas secas.

Porção: cerca de meia xícara por pessoa (se usado como acompanhamento).

Tempo de cozimento: de 50 minutos a 1 hora (dependendo da espécie de feijão, da marca e do tempo de molho).

Qual tipo usar: orgânico.

Armazenamento: Recipiente bem fechado, de preferência de vidro (plásticos podem soltar resíduos químicos).


Antes de cozinhar:
Separe algum resíduo ou caroço indesejeavel e lave.
Coloque o feijão de molho em água filtrada ou mineral, o dobro do volume de feijão. Há dois tipo de molho: o tradicional, que é deixar de 8 a 12 horas (de um dia para o outro); e o rápido, que é colocar o feijão com água para ferver por 5 minutos, desligue o fogo, e deixe de molho de 2 a 4 horas (pode ser na hora que você está tomando café da manhã para fazer no almoço). Em ambos os casos, escorra a água, enxágue, e proceda com o cozimento.

Ao cozinhar:
Feijões grandes pedem a proporção de 3 xícaras de água para 1 xícara de feijão. Feijões menores, como lentilhas, 2 para 1. Se quiser mais caldo, acrescente mais água.
Quando a água atingir ponto de fervura, diminua o fogo. Retire a espuma que se formar no centro da panela com uma colher ou escumadeira. Cozinhe com a panela com tampa.
Acrescente folhas de louro, ou sementes de cominho ou erva-doce, ou ainda anis-estrelado para ajudar na digestão. Um pedaço de 2 a 6 cm da alga marinha Kombu ajuda a diminuir a formação de gases.
Só adicione sal ao final do cozimento, ou irá inteferir no tempo de cozimento (o feijão pode ficar duro).

Após o cozimento:
Teste o ponto de cozimento do feijão, pressionando um caroço com a língua contra o céu da boca. Se ele se desfizer, está no ponto. Se ainda resistir, cozinhe por mais 5 minutos, acrescentando água, se necessário.
Tempere o feijão a gosto, refogando com óleo, alho, cebola, purê de vegetais, carnes, bacon.
Congele várias porções para uso diário, cozinhando apenas uma vez por semana, e tempere de modo diferente a cada dia, para adicionar variedade.

* Você também pode usar a panela de pressão, que diminui o tempo de cozimento pela metade. Apenas ajuste a quantidade de água a seu gosto e somente feche a panela após retirar a espuma.

Fontes:- Feeding the Whole Family – Cooking with Whole Foods. Autora: Cynthia Lair.- Integrative Nutrition – Feed your Hunger for Health & Hapiness. Autor: Joshua Rosenthal.

Direitos do Passageiro

As empresas aéreas deverão assegurar a prioridade no atendimento aos passageiros com idade igual ou superior a 65 anos, aos doentes, aos deficientes físicos e mentais, às senhoras grávidas e aos passageiros acompanhados de crianças menosres de doze anos (Portaria 676/GC-5, de 13/11/00 - Art. 18).
É obrigatória a identificação do passageiro no balcão da empresa aérea, antes do embarque.
A identificação deve ser realizada mediante a apresentação de um documento legalmente reconhecido.
A empresa aérea ou agência de viagem obriga-se a informar o passageiro sobre esta exigência no momento da aquisição do bilhete.


Plano de Assistência
Em caso de desastre com alguma de suas aeronaves, todas as empresas aéreas que operam no Brasil e para o Brasil têm a obrigação de prestar assistência aos familiares dos passageiros que estavam embarcados.
As companhias devem disponibilizar um serviço de 0800 para informações relativas ao acidente, fazer notificação pessoal às famílias das vítimas antes da divulgação pela imprensa da lista de passageiros e proporcionar aos familiares transporte para o local do desastre, hospedagem, alimentação, assistência médica e psicológica.
Mal Atendimento
Se o passageiro avaliar que foi mal atendido por funcionários do aeroporto ou das companhias aéreas, deve procurar o fiscal de Aviação Civil do DAC, na Seção de Aviação Civil (SAC) localizada nos principais aeroportos brasileiros. Se quiser reclamar ao DAC, deve preencher o Impresso de Sugestão e/ou Reclamação (ISR).
A reclamação pode ser feita também por documento encaminhado aos Serviços Regionais de Aviação Civil ou para o DAC (Rua Santa Luzia, 651 - Castelo Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20030-040), ou pelo e-mail assecom@dac.gov.br.
A reclamação será encaminhada ao presidente da companhia aérea envolvida ou ao departamento da Infraero responsável.
Cancelamento de Vôo
Se o vôo for cancelado pela companhia aérea, o passageiro tem direito escolher entre viajar em outro vôo, pedir reembolso ou endosso da passagem.
No caso do passageiro decidir não viajar mais, deve comunicar o cancelamento da reserva à companhia aérea com antecedência mínima de quatro horas em relação à hora estabelecida na passagem.
É importante consultar o agente de viagem ou a companhia aérea, tendo em vista as tarifas diferenciadas existentes e os vários procedimentos a serem observados para cada caso.
Atraso no Vôo
Caso o vôo seja cancelado ou sofra atraso, a companhia aérea deve acomodar o passageiro em outro vôo da própria companhia ou de outra em no máximo quatro horas.
Se este prazo não for cumprido, o usuário poderá optar entre viajar em outro vôo, pedir endosso ou reembolso da passagem.
Para quem decidir viajar em outro vôo no mesmo dia ou no dia seguinte, a companhia é obrigada a propiciar hospedagem, alimentação, transporte de e para o aeroporto, além de reembolsar despesas com telefonemas decorrentes do atraso.

Mala de viagem

Vôos nacionais
O passageiro pode levar 20 kg de bagagem na classe econômica e 30 kg na executiva ou primeira classe.

Nas linhas regionais, o limite é de 10 kg em aviões com até 20 assentos e de 20 kg em aviões com mais assentos.

As taxas para excesso de bagagem geralmente correspondem a 1% do valor do bilhete não-promocional.

Em vôos regionais, a taxa para os aviões de pequeno porte é de 2% do valor da tarifa e para aviões maiores, de 1%.


Vôos internacionais

A franquia varia de acordo com o país de destino.

Para os Estados Unidos e África do Sul é possível levar dois volumes, cada um com dimensões (soma do comprimento, largura e altura) de até 158 cm e com peso máximo de 32 kg.

Estas regras não valem para a bagagem de menores de dois anos, que não têm direito à franquia, nem para o transporte de animais de estimação.


Em casos de Extravio ou dano

Em caso de dano ou sinais de violação da bagagem, o passageiro deve comunicar imediatamente a empresa aérea e preencher o Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB).

Se houver alguma dúvida ou problema, o viajante pode procurar o Departamento de Aviação Civil (DAC), órgão oficial que atende as queixas e reclamações sobre bagagens, por meio das Seções de Aviação Civil (SACs), instaladas em cada aeroporto.

Antes do embarque, o passageiro tem a opção de declarar os valores atribuídos à sua bagagem.

Para isso, é cobrada uma taxa suplementar e a companhia pode pedir uma relação completa dos itens e verificar o conteúdo da mala.

Se houver extravio, o viajante receberá o valor declarado e aceito pela empresa.

Jóias, papéis negociáveis e dinheiro não são aceitos na declaração.

Quem não fizer declaração de valores tem direito a indenização limitada caso ocorra extravio da bagagem.

Em vôos internacionais, a companhia paga indenização ao passageiro no valor máximo de US$ 400.

Em vôos nacionais, a compensação é feita de acordo com o Código Brasileiro de Aeronáutica.


O que é proibido

Alguns objetos não podem ser levados na bagagem despachada, entre eles: armas de fogo, gases comprimidos, instrumentos musicais volumosos, líquidos e sólidos inflamáveis, materiais magnéticos, radiativos ou oxidantes, material irritante, munições, explosivos e fogos, peróxidos orgânicos, produtos venenosos ou corrosivos e substâncias infecciosas.

O passageiro deve consultar a empresa quando precisar transportar alguns destes produtos, assim como artigos frágeis e perecíveis.


Bagagem de mão

Em vôos domésticos, é permitido levar bolsa de mão, maleta ou equipamento com peso máximo de 5 kg e com dimensões de até 115 cm.

A bagagem deve caber embaixo do assento ou nos compartimentos acima das poltronas e não pode incomodar os demais passageiros, nem ameaçar a segurança do vôo.

Em viagens internacionais, o limite depende de normas específicas fixadas por convênios.

A companhia aérea não se responsabiliza por danos em bagagens de mão ou objetos de uso pessoal.

Apenas o faz quando ficar provado que a prejuízo foi causado por algum funcionário da empresa.

O passageiro também pode levar: manta, guarda-chuva, bengala, alimentação infantil para consumo durante a viagem e uma cesta ou equivalente para transporte de criança de colo.

Objetos como jóias, documentos negociáveis, ações, dinheiro, notebook, máquina fotográfica, filmadora, telefone celular (sempre desligado) e outros bens de valor só podem ser transportados em bagagem de mão.

Como tirar seu passaporte

Documentação para Passaporte Comum
O interessado na obtenção de Passaporte Comum deve ser BRASILEIRO, preencher o formulário eletrônico de solicitação e agendamento no site da Polícia Federal na internet e, posteriormente, apresentar-se no posto de atendimento escolhido, na data e horário agendados, portando os seguintes documentos ORIGINAIS (Decreto 1983/96, com a redação dada pelo Decreto 5978/06):(conforme legislação, outros documentos poderão ser exigidos havendo fundadas razões)

1.0 - Documento de Identidade, para maiores de 12 anos

1.1 - Podem ser aceitos como documento de identidade:
Cédula de identidade expedida por Secretaria de Segurança Pública;
Carteira funcional expedida por órgão público, reconhecida por lei federal como documento de identidade válido em todo território nacional;
Carteira de identidade expedida por comando militar, ex-ministério militar, pelo Corpo de Bombeiros ou Polícia Militar;
Passaporte brasileiro anterior;
Carteira nacional de habilitação expedida pelo DETRAN (modelo atual);
Carteira de identidade expedida por órgão fiscalizador do exercício de profissão regulamentada por lei;
Carteira de trabalho e previdência social-CTPS.
1.2 - ATENÇÃO:
A pessoa que já teve o nome alterado, a qualquer tempo, em razão de casamento, separação ou divórcio deve apresentar, além do documento de identidade, CERTIDÃO DE CASAMENTO atualizada com as devidas averbações/anotações, para a comprovação de nome(s) anterior(es).
1.3 - A pessoa que teve o nome alterado por decisão judicial deve apresentar, além do documento de identidade, certidão de nascimento atualizada com as devidas averbações/anotações, para a comprovação de nome(s) anterior(es).
1.4 - A criança menor de 12 anos pode apresentar a Certidão de Nascimento em substituição ao documento de identidade.
1.5 - O documento de identidade apresentado poderá ser recusado se o tempo de expedição e/ou o mau estado de conservação impossibilitarem a identificação do requerente.

2.0 - Título de Eleitor e comprovantes de que votou na última eleição (dos dois turnos, se houve). Na falta dos comprovantes, declaração da Justiça Eleitoral de que está quite com as obrigações eleitorais, ou justificativa eleitoral
3.0 - Documento que comprove quitação com o serviço militar obrigatório, para os requerentes do sexo masculino a partir de 01 de janeiro do ano em que completam 19 anos até 31 de dezembro do ano em que completam 45 anos
4.0 - Certificado de Naturalização, para os Naturalizados
5.0 - Comprovante bancário de pagamento da Guia de Recolhimento da União - GRU referente à taxa devida para a emissão do documento de viagem requerido 5.1 - O boleto de GRU será gerado automaticamente após o preenchimento do formulário de solicitação de passaporte pela internet, sendo imprescindível o CPF do requerente ou do seu responsável, se for o caso. O simples agendamento bancário não comprova o pagamento da taxa.
6.0 - Passaporte anterior, quando houver (válido ou não). A não apresentação deste, por qualquer motivo, implica em pagamento da taxa em dobro 6.1 - O brasileiro que tiver seu passaporte inutilizado por repartição consular ou de imigração estrangeiras, no Brasil ou no exterior (por negativa de visto ou deportação), não está impedido de requerer novo passaporte. Basta apresentar o passaporte, válido ou não, para cancelamento. Assim, o usuário evitará o pagamento da taxa em dobro e a simulação de extravio do passaporte, que acarreta providências inúteis da PF visando à recuperação do documento. 6.2 - Em caso de extravio, furto ou roubo do passaporte anterior, preencher e apresentar a Comunicação de Ocorrência com Documento de Viagem.
7.0 - CPF 7.1 - do próprio requerente, a partir dos 18 anos de idade, se o número deste não constar no documento de identidade apresentado; 7.2 - de um genitor ou responsável ou documento de identidade que contenha o respectivo número, para menores de 18 anos.

Observações:
1 - A Igualdade de Direitos concedida a portugueses não é suficiente para obtenção de Passaporte Comum, sendo necessária a naturalização;
2 - Os passaportes requeridos e não retirados no prazo de 90 (noventa) dias serão cancelados;
3 - Havendo justificadas razões outros documentos poderão ser exigidos a critério da autoridade expedidora;
4 - Para fins de identificação biométrica, o servidor da PF procederá à coleta de impressões digitais roladas dos dez dedos do requerente de passaporte, de sua fotografia facial e assinatura, por meio de equipamentos eletrônicos próprios;
5 - Para fins de conferência, a fotografia, o nome completo, a filiação, a data e local de nascimento e a assinatura do requerente deverão constar em um ou mais documentos de identidade, salvo o menor de 12 anos que pode apresentar certidão de nascimento, que não contém nem foto nem assinatura.

10 razões para você passar sua lua-de-mel no Brasil

1 - Nosso país é tão lindo... então por que passar a lua de mel em outro lugar? Além do mais, pode ser mais econômico passar a lua de mel no Brasil. Não é Justificarporque existe crise que não devemos celebrar sua lua de mel, mas escolha um local que esteja de acordo com o seu orçamento e que proporcione uma experiência única! O Brasil está, com certeza, cheio desses lugares para conhecermos.
2 -O Brasil é um país enorme, com uma diversidade cultural muito grande. Dentro de nosso próprio país, existem diversos locais para conhecermos que poderiam até mesmo parecer “estrangeiros” ao nossos olhos. Para aqueles que pretendem passar sua lua de mel em locais onde possam estar em contato com uma cultura diferente da sua, não é necessário ir muito longe.
3 - Sem falar nos locais turísticos de grande beleza natural e/ou arquitetônica. São diversas opções dentre praias, montanhas, campos e florestas, situadas de norte a sul.
4 - Além disso, tem a facilidade de você estar em um local onde falam a sua língua nativa (é verdade que há dialetos bastante diferentes, mas todos compreensíveis), o que pode tornar a sua lua de mel muito mais tranqüila. Qualquer problema que aconteça, a agilidade para solucionar é maior.
5 - Você pode dar “uma esticadinha” na viagem, já que não perde tanto tempo em deslocamento (dependendo da região onde você está e para onde você vai, pode não ser exatamente assim, mas na maioria das vezes é) e quem sabe até passar uns dias a mais em lua de mel do que você passaria no exterior, já que o custo é menor.
6 - Outro motivo para você passar sua lua de mel por aqui é a hospitalidade do nosso povo. Quer povo mais caloroso que o nosso? Cá entre nós, a Europa é linda para se passar a lua de mel, mas o tratamento que você encontraria por lá seria bem mais impessoal.
7 - A diversidade de clima dentro do mesmo país...você quer uma lua de mel sossegada, pra ficar bem juntinho de seu amor e curtir um friozinho? Vá à Gramado, por exemplo. Você prefere uma lua de mel mais badalada, gosta de praias e calor? Bom, a escolha é imensa, desde o litoral sul até o litoral norte do país, as opções são inúmeras.
8 - Além disso, se você quiser fazer um “tour” por diversas localidades do Brasil, experimentando os atrativos das belas praias, das montanhas e mesmo das cidades grandes numa mesma viagem, você pode fazer isso em sua lua de mel, pois nosso país permite essa diversidade.
9 - Você gosta de parques temáticos e sempre achou que precisava ir ao exterior para conhecê-los? Atualmente, o Brasil possui diversos parques “de diversão” de norte a sul. Desde parques como o Beto Carreiro, até os parques aquáticos como o Wet’n’Wild. Tá certo, a Disney é a Disney, mas se você procura diversão mais em conta, não vai se desapontar com as opções na versão brasileira.
10 -Se vocês são um casal que amam aventura e sonham com uma lua de mel em meio à floresta mais exuberante do mundo, que destino melhor que a Amazônia? Ou quem sabe o Pantanal? Só não vale passar trabalho...se essa for a sua opção, certifiquem-se de que a experiência será com o maior conforto possível!

Lua de mel mais barata

Depois da cerimônia de casamento agitada, chega a hora dos recém- casados seguirem para a lua-de-mel. Porém antes de curtir a viagem e aproveitar o passeio, vocês precisam pensar com calma cada detalhe para que nada dê errado. Assim como a cerimônia religiosa e a recepção, a viagem de núpcias tem que ser cuidadosamente planejada.
Vocês pode fazer uma viagem ao mesmo tempo proveitosa e econômica. Após de tantos gastos indispensáveis com a festa, é normal não sobrar muito para a lua-de-mel, mas com jeitinho e uma pesquisa bem feita é possível aproveitar bastante o passeio sem acumular dívidas ou ficar no vermelho.
Todas as escolhas sempre iram requer um pouco de paciência e algum tempo. A lance é procurar mais de uma agência de viagens e estudando os roteiros alternativos.
“Existem hoje em dia muitos pacotes turísticos que podem ser negociados com bastante antecedência. Deêm preferência a uma época que não seja de alta temporada ou feriadão, num lugar tranqüilo.
Outra opção é usar a internet para fazer pesquisa de preços, com certeza é uma boa. Existem endereços interessantes que podem ser úteis quando se for fazer comparação de preços e, caso seja necessário, na discussão com uma operadora.
Sempre tenham alternativas de destino. Já que os preços variam conforme a época do ano, essas alternativas garantem uma escolha mais econômica. O planejamento pré-estabelecido do orçamento pode ser feito abrindo mão de certas opções, tipo o número de dias, redução no custo do transporte e hotel.
O ideal é que o casal faça uma estimativa da média diária de gasto, multiplicando pelo número de dias que vão ficar fora e acrescentar uma reserva (algo em torno de uns 10 a 20%). Usar o cartão sempre que possível é uma boa solução. Mas não se esqueçam de quitar as faturas no vencimento.
Verifiquem se não haverá acréscimo de preço e cobrança de juros em caso de parcelamento dos pacotes turísticos. O certo é comprometer-se até o limite que não afete o seu dia-a-dia. Se puderem liquidar a obrigação antes do vencimento (algo difícil nos dias atuais), exija a retirada dos encargos capitalizados. Uma forma útil é o casal discutir a renda mensal e determinar um valor a ser gasto. Dois meses de salário é o aproximado do ideal para se gastar com a viagem.

Cineritz Holiday - Rio das Ostras


Portal Transparência


Jogo ler é preciso

22 de jul de 2010

Convite de casamento pela net

Na onda da internet, muitos casais aproveitam as facilidades de poder navegar nos sites divulgando o enlace matrimonial e fazendo o convite para o casamento em blogs, redes sociais e sites elaborados especificamente para o casamento, como uma espécie de convite de casamento online. Tem muitas empresas estão se especializando nesse novo mercado para atender com mais qualidade os noivos que estão prestes casar fazendo com que a forma de convidar as pessoas para a festa seja muito mais fácil e até divertida.
Os convites online de casamento são feitos com layouts criativos, personalizados e que tenham a cara do casal. Nesses convites, além das informações básicas como o local, data, horário e traje para a festa, podem ser colocadas fotografias da história do namoro do casal, mapas indicando o local do casamento, pode ser inserida a lista de presentes de casamento e até cotas para a lua-de-mel. O RSVP online também auxilia os noivos nessa tarefa tão importante, mas exaustiva, de entrar em contato com os convidados para acertar o número exato de pessoas no evento.
Cada pessoa que acessar o site já pode confirmar sua presença na celebração e também já escolhe o presente que gostaria de entregar ao casal. O interessante é a facilidade com que tudo pode ser produzido, basta que os noivos procurem uma empresa especializada no assunto com antecedência, ou os próprios nubentes tentem produzir seus convites de casamento online, bem diferentes dos convites tradicionais de casamento. Nos sites ainda é possível deixar comentários sobre o casal, com mensagens de carinho e votos de felicidade aos noivos.
Outro detalhe também bem interessante é que, após o casamento e a volta da lua-de-mel, os noivos têm a oportunidade de agradecer a presença de todos os familiares e amigos via internet, com frases e mensagens para todos os convidados, além de postar todas as fotos da lua-de-mel com todos os passeios e paisagens vistas pelos recém-casados.

Casamento Homoafetivo no Brasil

Nos dias de hoje ainda podemos ver nitidamente o preconceito com os casais homossexuais, isso se deve ao atraso de algumas pessoas em nossa sociedade e que acabam contagiando uma boa parcela de pessoas .
Por um outro lado podemos ver que os homossexuais lutam todos os dias por direitos que sonham um dia em alcançar em nosso país como o casamento legalizado . Algumas pessoas defendem opiniões diferentes e isso acaba fazendo desse assunto alvo de críticas boas ou ruins .
Alguns especialistas que trabalham com adoção de crianças são totalmente contra a adoção do mesmo por um casal de homossexuais , já outros acreditam que esse casal tem a mesma capacidade de cuidar e criar uma criança como qualquer outra .
Segundo advogados renomados do nosso país a lei que dará o direito aos homossexuais está longe de acontecer . Isso se deve por vários motivos sociais , políticos e religiosos . A lei mandada para o congresso ainda sofre resistência do lado da bancada evangélica . Até o momento não se houve nenhum favoritismo para os homossexuais , mas nem por isso eles desistiram , pois podemos ver milhares de passeatas e protestos contra o preconceito e o homofobismo que a cada dia está ficando mais forte.
O que resta para essa minoria da população é continuar lutando por seus direitos e mostrarem que não importa o padrão imposto pela sociedade , mas sim o que eles como seres humanos racionais sentem e sintam.

Escrito por Giuliana Alves - http://www.alamedavirtual.com/

Casamento Hi-Tech

Uopa! Como sempre, japonês aaaaaaaamam produzir robôs para tudo (cantar, dançar, operar, informar, ajudar, etc.). Agora o foco é o casamento. Sim, agora vemos um robô conduzindo um casamento que, aliás, a primeira vez no mundo. Neste caso, a noiva Satoko Inoue, que trabalha para a empresa que criou o robô i-Fairy, se casou com Tomohiro Shibata, cliente dela na empresa - e o i-Fairy foi o padre no casamento.
Eles não ficaram presos em aeroportos nem foram forçados a se casar via Skype, mas a Inoue quis um casamento extremamente high-tech para mostrar como "robôs se tornariam mais integrados no cotidiano das pessoas".
Decorado com um chapéu floral para o casamento, o i-Fairy geralmente ajuda visitantes em museus e exposições, mas com certeza ficou uma graça selando os votos de matrimônio de casal.
A novidade aconteceu em Tóquio, Japão. A pequena robô com olhos de flash se chama "I-Fairy". A simpática criatura fala tudo o que um bom condutor fala, até mesmo "Por favor, levante o véu". A cerimônia aconteceu em um restaurante no Hibiya Park, em uma bela varanda.
Boatos de que o i-Fairy bebeu champanhe demais e pegou uma das damas-de-honra não têm fundamento. [Reuters via CrunchGear]

Casamento na Praia

Para as noivas que querem fugir do casamento tradicional, uma ótima opção é o casamento na praia!

É um luxo, casar na praia numa manhã ensolarada ou no entardecer, tendo pôr-do-sol como painel de decoração é realmente fascinante. Porém para que tudo corra direitinho você deve cuidar de todos os detalhes com muito cuidado.

O primeiro passo é achar o local ideal, a cerimônia pode ser feita em um resort ou até mesmo na areia da praia. Visite o local do evento e faça um levantamento dos pontos que mais agradam e verifique se o número de mesas e cadeiras são suficientes para a quantidade de convidados, se o espaço é adequado para realização da festa e da cerimônia, se o mais importante: não esqueça de providenciar uma cobertura caso o local seja descoberto. Afinal, São Pedro pode resolver aparecer no seu casamento!

É importante lembrar que, para se casar na areia, é necessário ter uma autorização da prefeitura local, cada prefeitura tem legislação própria para eventos realizados em área pública.
É obrigatório solicitar a autorização para não correr o risco de um fiscal querer impedir seu casamento.
O pôr-do-sol e o horário de verão precisam ser levados em consideração para a escolha da cerimônia. Nos meses mais quentes como novembro, dezembro e janeiro, a festa precisa acontecer em horários mais frescos. Para que o casamento seja bem organizado, é necessário conhecer a região onde será o evento.
Faça um mapa para os convidados chegarem com facilidade e não escolha lugares de difícil acesso.

Para o cerimonial você pode montar uma nave e solicitar que um Padre vá até o local para realização da cerimônia, porém isso deve ser feito com antecedência, pois você deverá obter uma autorização junto a sua paróquia para realizar o casamento fora da Igreja.
Outra opção é casar em capelas ou igrejinhas, que também são muito charmosas.
Esqueça os carros antigos, você poderá chegar num barco enfeitado de flores, numa charrete num carro conversível ou até mesmo num helicóptero ( só não esqueça de pousar com uma distância suficiente para que sua festa não saia voando).
A praia exige modelos despojados, marcantes e mais informais e tecidos leves, como linho, crepe ou organza, com bordado em linha. Tecidos especiais, sem caudas se arrastando pelo chão, dispensando o véu ou substituindo por um arranjo de flores naturais. As convidadas dificilmente dispensam as sandálias de salto alto e os vestidos esvoaçantes. Mas para que ninguém apareça no seu casamento de bermuda e camiseta, discretamente comente o traje que os outros convidados estarão usando quando for entregar os convites.
Para o noivo, terno azul-marinho é uma ótima escolha. Além de chique, a cor cai muito bem para este tipo de casamento. Pode também usar um terno branco ou uma camisa com estilo pirata com uma faixa na cintura, deixando a cerimônia ainda mais informal. Para calçar, opte por sandálias sem salto. Escolha modelos confortáveis.
Se vocês decidirem realizar o casamento civil em diligência, com o religioso, isto é, com o celebrante indo a vocês, é importante agendar a data com bastante antecedência. Lembre-se: mesmo na praia, é importante que seja montado um altar. Assim, a cerimônia vai ficar mais bonita e elegante.
A decoração pode ser feita de maneira criativa e rica em detalhes. O cenário de um casamento na praia é um instrumento muito importante, por isso, é necessário usar bem as cores. Rosa, bege, verde e tons de azul são opções bem-vindas. Abuse das velas, das tochas e flores. A decoração na praia pode abusar das flores e conchas, e deve combinar com seu estilo. Casamentos durante o dia exigem um certo cuidado, as flores podem murchar e perder sua beleza. . Elas darão um toque especial, ainda mais se o casamento for realizado durante o pôr-do-sol.

Os casamentos mais formais pedem uma proteção (um deck), que pode ser em madeira, em cima da areia. Isto deixará os convidados mais à vontade e evitará torções nos tornozelos. É importante lembrar que as cadeiras podem enterrar na areia, se não existir uma proteção. Uma dica: escolha bancos ou cadeiras que possuam os pés largos. Eles são mais seguros.
Dê lembrancinhas que tenham alguma coisa a ver com o tema do casamento, como estrelas-do-mar, canoas e conchinhas, sem esquecer, é claro, dos tradicionais bem-casados.

No cabelo, esqueça coroas e tiras brilhantes, pequenas flores entre os cachos de seus cabelos, que estarão presas de forma displicente, ou então, orquídeas brancas ao redor de um pequeno coque combinarão com o seu vestido.
A festa pode rolar ao som de um DJ. Não esqueça da iluminação se o seu casamento dor ao entardecer. Você também pode usar tocheiros, para iluminar e criar um clima de lual.
Para o buffet escolha pratos leves e tome o cuidado de não servir maionese ou qualquer alimento que possa estragar devido ao calor.

Ah, e importantíssimo não se esqueça de informar aos convidados que o casamento será na praia. É importante, para que eles se vistam de acordo com o tema.

Boa Festa!

Convites para casamento na praia

Sempre há dúvidas com relação a casamentos realizados em lugares alternativos. Se for uma cerimônia na praia então, é comum surgir questionamentos de todo o tipo, principalmente relacionados ao tempo exato de enviar o convite. Neste caso é de bom tom enviar os convites com cerca de 90 dias de antecedência para que assim os amigos e parentes possam programar a viagem ao litoral, até porque, muitos deles podem querer passar o final de semana na praia.
Caso o evento seja na areia do começo ao fim, avise todos. Coloque um símbolo indicando que salto alto é proibido, ou algo parecido. Aliás, é importante também indicar o traje escolhido para um casamento na praia, pois muitas vezes os noivos querem que os convidados estejam bem arrumados, mas não necessariamente de terno e gravata.
Algumas noivas optam por casar literalmente com os pés na areia. Neste caso, os convidados devem ir de acordo, para que não se sintam desconfortáveis. Agora, se a noiva prefere um estilo formal e não abre mão do salto alto é interessante montar uma estrutura de piso para que todos possam caminhar sem dificuldades. Mapa e dicas de salões de beleza e hospedagem (de valores variados) são outras informações bastante úteis que podem ser colocadas no convite, para facilitar o planejamento dos convidados.

20 de jul de 2010

Curiosidades

Flores no caminho
Os antigos acreditavam que flores trariam sorte à vida do casal. Assim, jogavam pétalas no caminho que levava a noiva ao marido. Isso faria com que boa sorte e carinho não faltassem ao casal.

Amêndoas
No Brasil, esse não é um hábito muito costumeiro, mas em países como Itália e Portugal, é tradição os familiares comerem amêndoas nas vésperas do casamento e darem aos convidados como lembrancinha no final da festa. Em algumas regiões do nosso País, com forte presença de italianos, as amêndoas também fazem parte da cerimônia do casamento.

Chuva de arroz

A tradição de jogar arroz sobre os noivos no final da cerimônia vem de um ritual chinês. Há mais de 2000 anos antes de Cristo, os chineses já consideravam o grão como símbolo de fartura. Certa vez, um Mandarim poderoso quis provar vida farta e no casamento de sua filha, ordenou que se realizasse uma "chuva" de arroz.

Rapidinhas
-De acordo com a tradição hindu, chover no dia do casamento é considerado um sinal de sorte.
-No Japão, o casal de noivos bebe 9 goles de sake, tornando-se marido e mulher a partir do primeiro gole.
-Na Índia, o irmão do noivo atira com flores sobre o casal no fim da cerimónia para os proteger do mal.
-Na China, a cor do amor é o vermelho, durante a cerimónia do casamento, o casal bebe vinho com mel de dois copos atados com uma fita vermelha.
-Os franceses muitas vezes fazem brindes num copo especial com duas pegas, especial para os noivos.
-Na Alemanha, a noiva transporta sal e pão no seu bolso para assegurar recompensa, o noivo transporta grãos de cereais, para dar saúde e sorte.
-As ferraduras são consideradas objectos de boa sorte num casamento devido à sua forma em lua, que se diz símbolo da fertilidade.
-Na Turquia, antes da noiva sair da igreja, pede às suas amigas solteiras para escreverem os seus nomes na sola dos seus sapatos. Depois da noite de dança, a tradição dita que a assinatura da pessoa que estiver mais gasta será a próxima pessoa a casar.
-Existe uma tradição que diz que a noiva não deve cozinhar o seu bolo de casamento.
-No Japão, o branco foi utilizado para as noivas, muito antes da Rainha Victoria o ter popularizado no mundo ocidental.
-Para as noivas, coloquem um pouco de açúcar dentro das luvas, o açúcar adoçará a vossa união.
-Os ingleses acreditam que se a noiva encontrar uma aranha no vestido de casamento, esta trará sorte ao casamento.
-Na Holanda planta-se um pinheiro fora da casa dos recém-casados, símbolo de fertilidade e de sorte.
-O noivo leva a noiva ao colo pela porta de sua nova casa para a proteger dos espíritos maus que estão à espreita no chão da porta.
-O sábado é considerado o dia mais azarento, de acordo com o folclore inglês, o que acaba por ter uma certa graça, visto ser o dia mais popular escolhido para casar.
-No Egipto, para dar boa sorte, as mulheres egípcias beliscam a noiva no dia do seu casamento.
-As noivas do Médio Oriente pintam motivos henna nas suas mãos e pés para as proteger do mau-olhado.
-A tradição de usar damas de honor no casamento, remonta ao tempo dos romanos. As testemunhas, ou damas de honor exigidas num casamento romano, protegiam a noiva, vestindo-se de maneira semelhante à noiva, enganado assim os maus espíritos, impedindo-os de reconhecerem a noiva.
-Uma noiva sueca costuma colocar uma moeda de prata oferecida pelo seu pai e uma moeda de ouro oferecida pela sua mãe, em cada sapato, assegurando que ela nunca passará sem eles.
-Na África do Sul, ambos os pais da noiva e do noivo, transportam fogo, simbolizando o fogo que passa dos seus corações acendendo um novo fogo no coração dos recém-casados.
-Na tradição inglesa, a quarta-feira é considerado o melhor dia da semana para casar.
-As mulheres marroquinas tomam um banho de leite para se purificarem antes da cerimónia do casamento.
-A tradição do bolo de casamento remonta à antiga Roma, onde na cerimónia de casamento se partia um pedaço de pão sobre a cabeça da noiva para o bem da fertilidade.
-As alianças de casamento e de compromisso são usadas no quarto dedo, porque outrora no Egipto se pensava que uma veia nesse dedo estava directamente ligada ao coração.
-Diamantes sobre ouro ou prata, ficaram muito populares a formalizar um compromisso, devido aos ricos Venezianos o terem feito, por volta início do século dezasseis.
-Na linguagem simbólica das jóias, uma safira num anel de noivado significa felicidade conjugal.
-As pérolas para anel de noivado estão associadas à má sorte, porque a sua forma lembra uma lágrima.
-A pedra aquamarine, símbolo de honestidade e lealdade, representa harmonia marital e representa um casamento longo e feliz.
-A tradição ocidental do vestido branco foi iniciada em 1840 em Inglaterra pela Rainha Victoria, no seu casamento com o príncipe Alberto.
-Na Dinamarca, as noivas e os noivos tradicionalmente trocam as roupas um com o outro, para confundir os maus espíritos.
-As despedidas de solteiro foram originadas pelos soldados Espartanos, que se despediam dos seus dias de solteiros com uma festa desconcertante.
-Em Portugal o típico vestido de casamento, antes do século vinte era tradicionalmente preto.
-A tradição do véu da noiva iniciou-se com os antigos Gregos e Romanos, que pensavam que o véu protegia a noiva dos infortúnios e dos maus espíritos.
-No Egipto, a família da noiva, durante a primeira semana de casados, encarrega-se de cozinhar para os noivos, para que o casal possa desfrutar o início do casamento.
-A tradição do "tradicional" bolo de casamento empilhado, partiu de um jogo, onde a noiva e o noivo tentavam beijar-se por cima de um bolo, que se tornava cada vez maior, tentando não o derrubar.
-A expressão “dar o nó” vem de antigas tradições relativas aos casamentos Egípcios e Hindus, onde as mãos da noiva e do noivo são literalmente atadas, demonstrando o seu laço de união.
-A noiva coloca-se do lado esquerdo do noivo durante a cerimónia do casamento, porque antigamente o noivo necessitava da mão direita livre para lutar com os seus concorrentes.
-Na tradição católica originalmente usava-se anunciar o casamento, afixando a intenção dos noivos, para assegurar que estes não eram família.
-A popularidade dos casamentos em Junho descende do deus Romano Junho, que era o deus do casamento, nascimento e do coração.

Vestidos do KZ Atelier Noivas

KZ Atelier Noivas

KZ Atelier Noivas
kz

Vestidos 15 anos do KZ Atelier Noivas