orientação para tirar medidas

Oriente-se pela imagem e pela tabela de tamanhos, mas atenção: não aperte a fita, deixe-a justa, mas sem apertar.
A dica para quem for se medir sozinha é ficar em frente a um espelho grande.Vamos as principais medidas:
• Busto: passe a fita métrica por debaixo das axilas, contorne todo tronco, deixe a ponta da fita para frente, tire a medida do ponto mais saliente do busto.
• Abaixo do Busto: Esta medida é a linha de baixo do sutiã.
• Cintura: Passe a fita em volta da cintura no ponto mais estreito. A cintura fica mais ou menos a dois dedos acima do umbigo.
• Quadril: Contorne a fita na parte mais larga dos quadris.
• Altura do vestido: Para saber a altura do vestido, meça da linha abaixo do busto (linha do sutiã) até as pontas dos pés.

Como tirar medidas

Como tirar medidas

Pesquise no blog KZ

25 de fev de 2010

A unha da noiva

Quem falou que as noivas não podem decorar as unhas? É claro que podem, desde que sejam discretas, não usem cores berrantes, prefiram os esmaltes transparentes ou leitosos de tons neutros. Já pensou uma noiva de vermelho? Flores miúdas com folhagem discreta fica lindo nas unhas de quem vai casar. O estilo francesinha parece uma renda e renda combina com noiva. Uma tonalidade interensante para as noivas é o esmalte Renda. É bem suave, muito elegante e tem classe imensa. Num vestido branco ele cairá perfeito. Podem apostar. Se quiser realçá-lo, use francesinha. Você também pode somar detalhem em ouro ou prata na decoração das unhas. Deixa as unhas com pequenas pontinhas, mas nada de unhas longas demais. Se as unhas são compridas e você não quer abrir mão do tamanho, então mais um motivo para adotar os tons levinhos, que são muito parecidos com simples base. Noiva é feminilidade e romantismo. Todos os exageros estão dispensados. Sim, hidrate bem as mãos e os pés depois que a manicure escarná-los para que fiquem macios no dia do "sim".


O que é pompoarismo
Orgasmos múltiplos da mulher, orgasmo vaginal, ponto G, ejaculação feminina, orgasmo combinado (ponto G e clitóris ao mesmo tempo), orgasmo múltiplo do homem, orgasmo masculino sem ejaculação, orgasmo na próstata. Quanta coisa para se aprender! Mas existe algo de que a vagina é capaz e pouca gente sabe. Ela pode pompoar.
O pompoarismo é uma prática comum na Tailândia, e vários filmes e documentários mostram pompoaristas em atividade em várias partes do mundo. No documentário chinês Os últimos tabus, uma mulher aparece fumando pela vagina, no filme japonês O império dos sentidos, a mulher introduz um ovo cozido, que depois é expelido e comido, e no filme australiano Priscilla- a rainha do deserto, bolas de pingue-pongue são disparadas pela vagina.
O dicionário Michaelis explica o que é pompoar: contração voluntária dos músculos circunvaginais, a fim de induzir sensações eróticas no pênis, durante o ato sexual. Tal prática prolonga e intensifica o prazer sexual. Quanto a isso, parece não haver dúvida. Pelos relatos de quem viveu essa experiência, uma pompoarista tem vários orgasmos intensos e leva seu parceiro, por meio da massagem que sua vagina faz no pênis, a obter sensações de prazer indescritíveis.

Os músculos que intensificam o prazer
Há muito tempo que os sexólogos têm conhecimento da importância do fortalecimento dos músculos vaginais e suas contrações para o orgasmo feminino e para o prazer do homem. Mas como tudo relacionado ao sexo só começou a ser falado recentemente, é compreensível essa desinformação.
O músculo PC (pubococcígeo) é na verdade um conjunto de músculos que se estendem desde o osso púbico ao cóccix. No homem ele é responsável pela contração que impede que a ejaculação ocorra, evitando a expulsão do sêmen. Portanto, o orgasmo múltiplo masculino depende do fortalecimento desse músculo. Na mulher ele induz às reações rítmicas, que estão associadas ao orgasmo.
Como acontece com a maioria dos músculos que não são bem usados, a tendência é se tornarem flácidos, fracos. Existem exercícios elaborados para que esse músculo possa ser exercitado como qualquer outro.
Um músculo PC bem desenvolvido vai possibilitar ao homem ereções mais longas e maior controle da ejaculação. Na mulher, um maior prazer com a penetração vaginal, pelo aumento da sensibilidade aos estímulos físicos.
Em contrapartida, uma extrema tensão do músculo PC ocasiona nas mulheres a disfunção conhecida como vaginismo, quando a penetração do pênis se torna extremamente difícil e dolorosa.
Existem vários cursos e especialistas que ensinam essa arte. É apenas mais uma forma de manter a sua vida sexual mais intensa após alguns anos de casada. Vale a pena tentar!
A maquiagem da noiva

Se a maquiagem é importante no nosso dia a dia, ela ganha uma importância maior no dia do seu casamento já que é ela que irá realçar a beleza do seu rosto e esconder pequenas imperfeições para que proporcione o visual perfeito para o seu grande dia! Não existe uma maquiagem específica para a noiva, a maquiagem deve combinar com o seu estilo. A regra básica é estar o mais natural possível, sem exageros.


Faça o teste de maquiagem com antecedência para combinar com o seu maquiador o que poderá e deverá ser feito no dia do seu casamento para que não haja imprevistos e não te deixe tão preocupada e insegura. Tire várias fotos para visualizar o visual e ter uma imagem para comparar a maquiagem do dia do casamento com a que você escolheu na sua prova de maquiagem.


A sua maquiagem deve realçar a sua beleza sem mascará-la e transformá-la em outra pessoa. O importante é estar confortável e segura.


A sombra deve ser aplicada com muita leveza e ser bem espalhada para realçar os olhos. A sua maquiagem tem que ser a prova de lágrimas, e capaz de resistir às muitas horas de emoções sem retoque. Não se esqueça de maquiar as mãos, ainda mais se tiverem manchas ou marcas.


Para casamentos diurnos o ideal é que a maquiagem seja o mais suave e natural possível. Uma boa sugestão é utilizar tons claros de sobra e blush com uma cor de batom suave, mas que realce bem os lábios.

Se o seu casamento for à noite você pode ousar um pouco mais na maquiagem utilizando sombras cintilantes em tons dourados, prateados, acobreados ou marrons. Rímel e delineador também são permitidos para esse horário tomando o devido cuidado de não carregar na maquiagem ao realçar demais os olhos e a boca.

Equilíbrio no visual é a palavra chave para obter o visual perfeito. Se o seu vestido de noiva e penteado forem simples, pode caprichar um pouco mais na maquiagem para realçar o visual.

Um bom maquiador irá escolher os tons de acordo com a cor da sua pele e do seu vestido. A maquiagem também deve ser aplicada de acordo com o formato do seu rosto.

Uma excelente sugestão para os lábios são os batons em tom rosa ou pêssego com um pouco de brilho sobre ele. Se você tem os lábios finos, faça um contorno pelo lado de fora, para dar um volume. Já o traço pelo lado de dentro deixa os lábios grossos.

Ao invés de usar blush nas bochechas, você pode utilizar um pó compacto mais escuro que o tom da sua pele, para ficar com um aspecto mais natural. O blush pode ser utilizado para realçar os traços do rosto. Subindo o traço em direção às têmporas consegue-se afinar o rosto. Um traço horizontal, na altura das orelhas, alarga-o. Observe o formato do seu rosto e veja qual aplicação será mais adequada para você.

LEMBRE-SE

Não exagere no ruge. Podem aparecer nas fotos duas rodelas vermelhas no rosto. O ideal seria usar o pó compacto pouco mais escuro que o tom da pele, ao invés do ruge. O que trará aspecto natural e saudável.

Cuidado com o corretivo, para que ele não deixe aparecendo manchas brancas embaixo dos olhos. Passe-o e por cima passe um pó translúcido para que saia o excesso da oleosidade e do brilho.

O batom não deve ser tão escuro, nem muito opaco, para que não fique com a boca aparente de mais, nem tão apagada.

A maquiagem não deve ter muito brilho para que ao bater o flash, o clarão não seja refletido no seu rosto, de modo que as fotos poderão ficar esbranquiçadas.

Lembre-se que usar maquiagem à prova d’água, pode ajudar quando a noiva nao resistir às lágrimas.

Tenha alguém para levar um pequeno kit com as maquiagens, caso necessite algum retoque.

Peça para sua mãe ou para uma amiga levar na bolsa um kit de emergência: Um espelhinho, batom ou gloss, cotonetes para limpar algum borrão nos olhos e pó compacto para retirar o brilho excessivo da pele sempre que precisar.

Evite o efeito “cara branca/pescoço escuro” nas fotografias. A base deve ter a cor da sua pele.

A Magia Das Lingeries Sensuais E Sofisticadas

Desejo é a palavra de ordem num universo de sedução. A lingerie é um objeto de desejo que envolve as pessoas em mistério e fantasia, despertando o seu poder de atração.
As mulheres adoram o glamour e a sofisticação de lingeries sensuais. Peças em renda, cortes minúsculos, bordados, cetim, detalhes em veludo, estampa de onçinha, são alguns dos detalhes que fazem deste filão de roupa íntima, a arma de sedução das mulheres.
Ao longo dos anos, a lingerie se firmou como uma peça de destaque do vestiário feminino, apesar de ficar “escondida”. Hoje em dia existem diferentes opções de lingeries para o dia-a-dia e também lingeries sexys que podem ser usadas emra noites mais picantes, incluindo núpcias e lua-de-mel de noivas de todos os estilos. A peça íntima evoluiu tanto que existem outros filões ainda como roupas íntimas para gestantes ou para mulheres de tamanhos maiores.
Luxuosa, símbolo de sensualidade e beleza, a lingerie faz parte de um segmento que brinca com as sensações e o imaginário de homens e mulheres. A moda íntima já não é mais apenas a roupa de baixo, definitivamente se tornou um artigo de moda, algo que faz a mulher se sentir mais bonita e atraente.
Uma linha de roupas íntimas sensuais, indicada para mulheres sofisticadas e discretas, que gostam de estar sempre bonitas com sensualidade. Pode ou não abusar das transparências, rendas e detalhes mais diversificados, um mix mais complexo e glamoroso, causa impacto com rendas, bijuterias, tecidos e características para momentos únicos que valorizam a mulher.
Mais do que despertar os instintos do parceiro, a lingerie sensual tem um papel importante na auto-estima da mulher. Usando uma lingerie bonita, a mulher se sente mais solta e ainda mais mulher, tornando a relação com seu parceiro ainda mais prazerosa.
Saiba o que determina o momento ideal para engravidar

Ser mãe faz parte dos sonhos de grande parte das mulheres. Mas muitas ainda têm dúvidas e se perguntam sobre qual é a melhor idade para engravidar.Embora a primeira menstruação sinalize que o corpo da mulher já está pronto para gerar um bebê, o sistema genital feminino amadurece somente por volta dos 18 anos. Os médicos recomendam que a melhor idade para ter um filho está por volta dos 20 e 30 anos, fase da vida em que a mulher é mais fértil. Com o avanço da idade, a produção de óvulos diminui e a dificuldade de engravidar aumenta. Há ainda os riscos de complicações como hipertensão na gravidez, aborto, parto prematuro, má formação da criança. Mesmo assim, os avanços da medicina permitem que as mulheres que já passaram dos 35 anos possam planejar uma gravidez segura.Apesar da condição de saúde influenciar no planejamento de uma gravidez, o que determina o momento certo e a melhor idade para se tornar mãe é o preparo emocional da mulher. A futura mamãe precisa estar psicologicamente preparada para assumir tamanha responsabilidade. Prova disso é que são cada vez mais comuns casos de mulheres que preferem adiar o sonho da maternidade para realizar outros projetos de vida, como estudar e trabalhar. Uma gravidez planejada e acompanhada de boa alimentação, prática de exercícios físicos e acompanhamento médico são fatores essenciais para gravidez saudável e tranquila, tanto para a mamãe como para o bebê.

Massagem erótica
Necessita apenas de creme ou óleo aromático, velas para esquentar o ambiente, uma música que agrade os dois, pétalas de rosa se preferir um clima romântico, um lingerie sensual e principalmente o desejo de ser feliz!
Antes de começar, tomem um banho juntos porque a água quente ajuda a relaxar os músculos. Depois peça ao seu parceiro para se deitar de costas colocando um travesseiro sob o abdómen. Ajoelhe-se entre as pernas dele. Com as unhas, faça movimentos circulares, nas costas, no pescoço e nas nádegas dele. Depois, com pressão maior, trace movimentos circulares com os polegares na espinha e no cóccix.
Com a palma das mãos, deslize-as pelo contorno do corpo dele, seguindo o caminho da espinha até chegar ao pescoço.
Espalhe óleo nas nádegas do seu parceiro, dê golpes pequenos com a parte lateral das palmas das mãos, mas firmes em ambos os lados. Depois, com suavidade, passe as mãos repetidas vezes pela área entre os joelhos e a virilha, antes de fazer massagem nas coxas dele.
Peça-lhe para se virar e aplique bastante óleo sobre o peito dele, massagem com a ponta dos dedos com firmeza o espaço entre as costelas. Dê especial atenção aos mamilos, pois são uma área muito sensível e estimulante para ele.
A massagem é um excelente preliminar e depois é só seguir o desejo…


Um Esboço Histórico de Rio das Ostras

Origens
Por volta de 4.100 A. P. encontram-se os primeiros vestígios de ocupação humana na planície litorânea que se estende de Armação de Búzios a Macaé. Sambaquís e sítios arqueológicos localizados nas proximidades dos rios São João e das Ostras (Tambor, Gravatá, Fazenda São José e Tarioba) são bastante representativos desta fase. Cerca de 600 anos antes da chegada dos colonizadores portugueses, há o início da ocupação; pelo grupo indígena Goitacá, do litoral desde o Espírito Santo até o atual município de Cabo Frio-RJ, onde estavam em contato com os Tupinambá.

De Vespúcio a Fundação de Cabo Frio
Entre dezembro de 1503 e janeiro de 1504, surge na História do Brasil a terra fluminense, através do primeiro pouso em terra firme realizado por Américo Vespúcio em Cabo Frio, onde foi encontrado um porto e construída uma fortaleza, que ganhou vinte e quatro homens para guarnição. O navegador informa que antes de voltar a Portugal, foram carregados os navios de pau verzino (pau-brasil) e cita a penetração de “umas boas quarenta léguas terra adentro, com trinta homens” (aproximadamente até o rio São João, na altura do município de Silva Jardim ).
Em 6 de outubro de 1534 a Capitania de São Vicente era doada a Martim Afonso de Souza por um Foral e por uma segunda carta régia datada de 20 de janeiro de 1535. Como uma parte destas terras começavam 13 léguas ao norte do Cabo Frio e findavam no rio Curparê (hoje Juqueriquerê), o atual município de Rio das Ostras estava inserido no território, com sua área aparecendo na cartografia antiga, com a denominação de Baía Formosa.
O abandono das terras pelo donatário e a chamada Guerra do Cabo Frio (1575); quando as tropas portuguesas destroem a Casa de Pedra francesa na barra da Lagoa de Araruama e massacram ou escravizam mais de 20 mil tupinambás, transformam a baixada litorânea de Macaé a Saquarema num deserto humano, com o surgimento frequente à partir de 1580 de navios franceses, ingleses e holandeses carregando pau-brasil.
Aos 13 dias de novembro de 1615, Constantino Menelao funda a povoação de Santa Helena no lugar de Cabo Frio, limitada ao norte com o rio dos Bagres (atual rio Macaé) que está adiante da Ilha de Santana.

Os Jesuítas
Em 1617 o jesuíta João Lobato assenta 500 tupiniquins do Espírito Santo na ponta da Jacuruna, onde fundam a aldeia de São Pedro e em 1623, os jesuítas recebem duas grandes doações de terras na região – as sesmarias do rio Una e de Búzios; que dão origem a Fazenda Campos Novos, imóvel construído pela Companhia de Jesus, cujo início remonta a um curral de gado levantado por volta de 1690.
No ano de 1630, os padres da Companhia de Jesus penetram em território riostrense , ao ser concedida uma sesmaria ao reitor do Colégio do Rio de Janeiro, Padre Francisco Fernandes e aos índios da aldeia de Cabo Frio, terras estas que situavam-se entre o rio Macaé e a ponta de Itapebuçú ou rio de Leripe (atual rio das Ostras). Na mesma época, alguns colonos da sesmaria de Campos Novos se fixam na margem esquerda do rio São João, em cuja barra erigem uma capela a São João Batista, origem do povoado de Barra de São João.
praia de Itapebussús - 1996 - foto: Ernesto Galiotto

Século XVIII
Neste século, os índios Guarulhos foram aldeados pelo capuchinho italiano frei Francisco Maria Todi – ou Tali, junto ao rio de Aldeia Velha (atual um município de Silva Jardim). Esta aldeia foi mudada depois para o rio São João, passando a ser denominada Sagrada Família do Rio São João da Ipuca, tendo sido construída sua capela por volta de 1748.
Em 1722 duas sesmarias são requeridas em nossa região, sendo concedidas no ano seguinte: José Viegas Lisboa pediu terras no rio das Ostras para o de São João e Domingues Rodrigues, 3.000 braças em quadra no rio das Ostras para o de Tapoçu. Em meados do século XVIII encontramos ainda outros sesmeiros em Rio das Ostras (José de Barcellos e Francisco Vaz), as vésperas da expulsão dos jesuítas do Brasil (1759).
A capela da Sagrada Família foi elevada a freguesia no ano de 1761, entrando para a classe das perpétuas em 1800, tendo como limites todo o rio São João, com as suas vertentes, desde o campo de Bacaxá até o rio Macaé. No ano de 1763, Caetano José tem atendido seu pedido de 3.000 braças em quadra nos “sertões de matos gerais do rio das Ostras”.
Nas “Relações Parciais Apresentadas ao Marquez de Lavradio”, de 1778, aparece o engenho de Gonçalo Marques de Oliveira; com mais de 200 escravos, que ia de Imboassica até Itapebussús, e que depois pertenceria ao advogado Francisco Nunes Pereira. As referidas “Relações” nos dizem que “na Estrada Geral dos Campos dos Goytacazes da Barra do Rio de S. João, seguindo para o Rio das Ostras, estão os sertões dessa terra , que são duas léguas pouco mais, ou menos, por cultivar, e pertencem aos herdeiros do defunto Capitão Luiz Gago e a Francisco da Costa Albernós; as testadas estão cultivadas.”
Este importante documento informa ainda que no “Rio das Ostras seguindo para Macaé, está todo o terreno da costa do mar sem cultura, e consta correr demanda sobre essa terra o Exmº. Sr. Visconde de Asseca, com uns F.F. de Barcellos dos Campos; os sertões da mesma terra estão sem cultura.”
No final deste século a população da Freguesia da Sagrada Família da Ipuca era de cerca de 1.500 habitantes, havendo no porto do rio de São João uma Sumaca grande pertencente a João Francisco da Silva. A capela de São J. Batista; localizada na barra do rio São João, era o principal templo filial da Freguesia, com a presença no lugar da barra de um destacamento que era composto de um inferior e seis soldados pagos.
Rio das Ostras e região: 1801 a 1859
Por volta de 1801, arruinada a capela da Sagrada Família em Aldeia Velha e estando sujeito aquele lugar a muitas epidemias, a sede da freguesia foi transferida para a Barra do Rio de São João, servindo de matriz a capela de São João, que havia sido levantada depois da fundação da fazenda de Campos Novos pelos jesuítas; este fato foi determinante para o desenvolvimento do povoado de Rio das Ostras.
Diversos viajantes descreveram a região entre Barra de São João e Macaé, no início do século XIX, tais como o Desembargador Luiz Thomaz de Navarro em 1808, que observou um pouso de passageiros em “Tapebuçú” e fazendo-se necessário a construção de ponte sobre o rio das Ostras, que só dava passagem em maré vazia; e o comerciante inglês John Luccock em 1813, percorrendo a costa e descrevendo-a como uma planície ampla e arenosa, toda coberta de carrascais, anotando a presença de ouriços caixeiros, caranguejos terrestres e constrictoras ( jibóias comuns ). Dois anos mais tarde, Maximilian, Príncipe de Wied-Neuwied viu um rio das Ostras muito límpido, com um militar português casado com uma índia, vigiando a sua passagem; além da existência da Fazenda de Tapebuçú de propriedade de um alferes de milícia.
Em 1818, o eminente botânico Auguste de Saint Hilaire, descreveu a região e suas diversas espécies vegetais, citando uma venda situada à margem esquerda do rio das Ostras, pertencente a um antigo calafate nascido em Portugal. Ainda é digna de registro a viagem do naturalista Charles Darwin por nossas terras em 1832, coletando dados para seu futuro trabalho sobre a Teoria da Evolução; sem deixarmos de citar a estadia do Príncipe Adalberto da Prússia em 1842, na única casa de Frexeiras, entre a lagoa de Imboassica e o rio das Ostras.
Entre 1813 (quando foi criada a Vila de São João de Macaé com limites entre o rio de São João e o rio do Furado) e 1859 (ano da instalação da vila de Barra de São João), Rio das Ostras construiu seu povoado entre o rio e o mar, em função do movimento do porto (onde embarcavam-se inclusive produtos do distrito macaense de Neves), destacando-se o comércio de exportação de madeiras, café, farinha de mandioca e outros gêneros; além do tráfico de escravos e dos pequenos negócios que gravitavam ao seu redor.
No ano de 1852 começam as referências ao Oratório de Nossa Senhora da Conceição de Rio das Ostras, nos livros de casamentos da Paróquia da Sagrada Família da Barra de São João, tendo sido construída sua capela por volta de 1862, através de uma comissão encabeçada pelos Srs. João José Ferreira Xavier e Manoel da Fonseca e Silva; aliás sobre este último nome, salienta-se que em 1847, foi na sua casa de Rio das Ostras que descansou o Imperador Dom Pedro II, na volta de sua viagem ao norte fluminense. Em 1856, aparecem pela primeira vez no Almanak Laemmert, duas escolas em Rio das Ostras (ainda que particulares), tendo como professores: Augusto Theodoro Pitta e D. Júlia Augusta Pitta; e em 1859 o Agente do Correio no Arraial de Rio das Ostras era Antonio dos Santos Moreira.
Merecem destaque no território riostrense na década de 50 do século XIX, os seguintes proprietários: Francisca Rosa da Silva (Itapebussús), Domingos Bastos (Fazenda da União), Manoel da Fonseca e Silva, João José Ferreira Xavier, José Thomaz Pinto Magalhães, Francisco José Moreira de Miranda (Itapebussús), José Carneiro dos Santos, Francisco de Paula Sudré, Alexandre de Moraes Sudré, Joaquim José Marques de Abreu (pai do poeta Casimiro de Abreu e proprietário do Morro do Limão), Antonio Leopoldino Ribeiro, Francisco de Sá Pinto de Magalhães (avô do futuro Presidente Washington Luiz), José Júlio Lopes Gonçalves (Fazenda das Corujas) e João Pereira Dias (Itapebussús).


O progresso do Arraial e a inauguração da Estrada do Ramal Rio Bonito - Macaé
A estrada entre Rio das Ostras e Macaé, passou a merecer especial atenção das autoridades municipais e provinciais; a partir de meados do século XIX, com as melhorias do trecho Imboassica-Itapebussús, a construção de pontes/ pontilhões sobre o rio das Ostras e os aterros do Brejo do Saco Grande.
Em 1865, contava Rio das Ostras com a farmácia do Dr. Abreu e vários riostrenses embarcavam como Voluntários para a Guerra do Paraguai. Neste mesmo ano José Amador de Siqueira e Francisco J. Moreira de Miranda foram nomeados para uma comissão em Rio das Ostras, que visava a compra de armamentos para a Guarda Nacional do município de Barra de São João.No início do mês de julho de 1868, registra-se a passagem da Princesa Isabel e do Conde D´Eu, em frente a bonita praia de Rio das Ostras, voltando de uma viagem imperial a Quissamã. Em 1869 a linha telegráfica era inaugurada entre Macaé e o Rio de Janeiro, passando por Rio das Ostras e Barra de São João.
Finalmente no ano de 1872, Rio das Ostras tem criadas no território que corresponde ao nosso atual município, três escolas públicas de instrução primária: duas na sede do Arraial e uma em Itapebussús (povoado tão significativo já era considerado um Curato). A escola masculina do Arraial foi regida por cerca de 20 anos pelo sr. Ignácio Giraldo Mathias Netto e a escola feminina por sua esposa Helena Leopoldina Xavier Netto; destacando-se em 1882/1883 a presença de um aluno ilustre do Professor Mathias Netto: o futuro presidente brasileiro Washington Luiz Pereira de Souza, preparando-se para o ingresso no Colégio Pedro II (o pai de Washington Luiz era então proprietário da magnífica Fazenda União, hoje Reserva Biológica). Em 1896 era criado um outro estabelecimento de ensino público para o sexo masculino em Rocha Leão.
A partir dos anos 70 do século XIX, Rio das Ostras passou a contar com um Hotel pertencente a Joaquim David Pereira, com um Teatro localizado nas proximidades da escola do Prof. Mathias Netto (atual Praça José Pereira Câmara) e tinha no Poço do Largo de Nossa Senhora da Conceição, sua principal fonte de abastecimento de água.
Uma festividade religiosa na recém construída Capela de Rio das Ostras, foi registrada pelo jornal “A Voz da Barra”, sendo relatado que a 8 de dezembro de 1864, comemorou-se a festa de N.S. da Conceição, pregando ao Evangelho o Pde. Luiz de Santa Rosa; conta este periódico que houve procissão pelas poucas ruas do Arraial de Rio das Ostras, sendo logo após cantado o Te-Deum.
Alguns anos depois, originada da Devoção de Nossa Senhora, surge a Irmandade de Nossa Senhora da Conceição, responsável pela provisão da Capela de alfaias, paramentos e outros objetos do culto católico. Com a criação da Irmandade, as liberações de verbas pelo governo provincial tornaram-se mais freqüentes e pode-se assim dar término a construção da Torre da Capela (1885) e ao Cemitério (1887). No final do séc. XIX, alcança destaque ao lado culto principal, a veneração a Santo Antônio, incentivada pelas famílias David Pereira e Alves Moreira.
Um destacamento policial era o responsável pela segurança pública de Rio das Ostras e contava 2 ou 3 homens, ao longo da segunda metade do século XIX (inclusive com um cabo da cavalaria); mais tarde no ano de 1891, foi criado o 3º distrito policial de Barra de São João, com sede em Rocha Leão. Em 04/11/1888 era inaugurado um melhoramento há muito esperado pelos agricultores e comerciantes locais, a ligação ferroviária entre Rio Bonito e Macaé, com as estações da União (atual Rocha Leão) e Califórnia, posicionadas no território riostrense.
Para colocarmos um ponto final neste século progressista, relacionamos alguns aspectos legislativos e jurídicos, que relacionam-se aos municípios a que pertencia o Arraial de Rio das Ostras. Em 20 de novembro de 1861, através do Decreto nº 1217, foram estabelecidos os limites que separam o município de Barra de São João do de Macaé. No ano de 1871, o termo da Barra de São João pertencia a Comarca de Cabo Frio, fato este que mudou, quando em 1874, através do Decreto nº 212 de 16/05, foi criada a Comarca de Macaé, a qual passou a ser ligado o Termo da Barra de São João. Em 1890 a Vila de Barra de São João passou a categoria de Cidade e no mesmo ano é criada a Comarca de Barra de São João, que teve em seguida anexado o Termo das Neves pelo Decreto nº 280 de 06/07/1891. No entanto o Decreto nº 8, de 19/12/1891, em seu artigo 7º, extingue a Comarca de Barra de São João, passando a categoria de Termo anexo a Comarca de Macaé.

Rio das Ostras no século XX: de povoado em Indayassú a próspero município
No alvorecer do século XX , o governo estadual mudou a sede do município da Barra de São João para Indayassú (atual Casimiro de Abreu), que passou a denominar todo o território barrense. Estas medidas que remontam ao ano de 1901, pouco duraram, pois a Lei nº 645, de 15/09/1904, revogou tais atos.
Durante os primeiros anos deste século, dois políticos destacam-se como representantes de Rio das Ostras na Câmara Municipal de Barra de São João: Eduardo José Martins e Pedro Vieira Rodrigues (negociante em Rocha Leão). Neste período as localidades de Rocha Leão e Califórnia, apresentavam um índice de crescimento igual ou mesmo superior ao do povoado de Rio das Ostras. Em 1912, o Almanak Laemmert relaciona em Rocha Leão e Califórnia: um administrador de cemitério, dois comissários de polícia, uma professora de escola mista, um agente do correio, além de diversos comerciantes, agricultores e lavradores.
O Boletim Estadual de 06/01/1917, dividia o município da Barra de São João em dois distritos (1º - Barra de São João e 2º - Indayassú); e em 1921, era elevado a categoria de Comarca o Termo de Capivary (atual Silva Jardim), sendo-lhe anexado o Termo de Barra de São João.
Nota-se ainda, à partir da década de 20, o crescimento da localidade de Jundiá, originada de terras de João Furtado de Mendonça e de José Fernandes Dantas, onde a The Leopoldina Railway construiu uma parada ferroviária e explorou uma pedreira, chegando o local a possuir armarinhos, botequins, farmácia, quitanda e até uma escola municipal denominada Brito Pereira.
Em 1925 a sede do município de Barra de São João muda para Indayassú, que passa a ser o 1º distrito; e a Lei nº 2.013 de 23/11/1925, altera o nome da sede municipal para Casimiro de Abreu. Rio das Ostras tinha na produção pesqueira sua maior fonte de renda, enquanto as outras localidades produziam bastante café e extraiam madeiras nobres e lenhas das matas já bem devastadas, acrescidas estas atividades da produção de cana de açúcar , em especial os locais de Itapebussús e de Rocha Leão, onde sobressaia-se o fabricante de aguardente, Artur César da Costa.
A Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Rio das Ostras em 1928, passa por uma reforma, sob a liderança do barrense e então Diretor de Viação e Obras Públicas do Estado, Manuel Antunes de Castro Guimarães Júnior. Os outros dois templos religiosos que atraiam os moradores da região, eram a Igreja de Nossa da Conceição de Rocha Leão e a Capela de Nossa Senhora das Neves de Califórnia.
Como não poderiam faltar lances dramáticos na história riostrense, citamos alguns: em 1929, um avião de combate Breguet XIX, sofre um acidente em Rio das Ostras, ao cair nas proximidades do caminho que ligava o atual bairro Peroba a localidade de Sapucaia, em uma enorme área alagadiça, parte integrante do Brejo Palmital (a vítima fatal foi removida para a estação de Rio Dourado pela antigo desvio da linha férrea, que chegava até o povoado); no ano de 1933, nas proximidades da estação da Califórnia, ocorreu um crime de intensa repercussão pela sua crueldade, cuja a vítima foi o alemão Franz Von Der Lyen, que possuía um sítio na região; e entre 1937-1940, dois naufrágios em nossas águas (o veleiro 18 de Julho e navio cargueiro alemão Wakama).
Em 31/03/1938, o Decreto Lei 392-A, alterava o nome do município de Barra de São João para Casimiro de Abreu e nesta mesma época o Departamento do Saneamento da Baixada Fluminense, cava a Vala de Sapucaia.
Durante a Segunda Grande Guerra os fazendeiros e agricultores entraram em crise nas bacias dos rios das Ostras e São João, as terras do município casimirense desvalorizavam-se, com o crescimento populacional ficando estagnado. Esta zona apresentava grandes propriedades produzindo madeira, lenha, carvão vegetal e algumas, dispondo de pequenos rebanhos. No período a Fazenda União ( terras da Leopoldina) era utilizada para o abastecimento de lenha a ferrovia e a família Rollas, iniciava o processo de compra-loteamento de suas propriedades (mais de 200!) nos municípios de Casimiro de Abreu, Macaé e Cabo Frio. No dia 28/05/1943, era inaugurada a Estrada Amaral Peixoto, ainda em terra batida. Naquele ano a Igreja de Nossa Senhora da Conceição era ocupada por elementos estranhos a sua destinação: militares do 3º RI ocupam até o ano seguinte o templo, em missão de patrulhamento e sentinela em nossa costa.
As décadas 50 e 60, nos trazem alguns acontecimentos muito relevantes: inauguração do Clube Esportivo Recreativo Rio das Ostras – CERRO (1953); foi criada a Escola da Fazenda Atlântica Reunidas (1954); aprovação do loteamento Sobradinho e Cerveja (1955); pavimentada a Estrada Amaral Peixoto (1956-1958); empregados da firma LABER instalam a energia elétrica em Rio das Ostras (1958-1959); desmorona totalmente a velha Igreja de N. S. da Conceição (1959); fundação do Rio das Ostras Futebol Clube (1960); aprovado o loteamento Bosque da Praia (1962); Padre José Maria Yanez Garcia e Padre Guillermo Lago Castro constroem com seus párocos a nova Igreja de N. S. da Conceição (1964-1966); inaugurado o abastecimento de água de Rio das Ostras pelo manancial do Morro São João (1965-1966); concluída a Escola Esmeralda da Costa Porto (1966); e houve a aprovação dos loteamentos Novo Rio das Ostras (1968) e Costa Azul (1969).
Em abril de 1968, o vereador de Casimiro de Abreu, Joaquim Marchon de Araújo, indicava a mesa e ao plenário da Câmara Municipal a criação do 3º distrito casimirense, com sede em Rio das Ostras. Esta indicação foi julgada pertinente pela maioria do legislativo e gerou a Resolução nº 1/68, aprovada no Decreto-Lei nº 225, de 17 de março de 1970, sancionada pelo governador fluminense Geremias de Mattos Fontes.
Nos anos 70, a atividade de veraneio no distrito se intensifica e Rio das Ostras passa a conviver com o crescimento do comércio e do número de novas construções-loteamentos, expandindo-se a área urbana, especialmente os seguintes bairros: Operário (Formiga), Guaiamum (Nova Esperança) e Caranguejo (Nova Aliança). Registra-se a fundação do Iate Clube Rio das Ostras em 18/01/1970, considerado de utilidade pública pela Lei Estadual nº 7.340 de 13/12/1973; e a nomeação logo após a criação do distrito do primeiro administrador regional, sr. Oscar de Moraes Cordeiro.
O processo de desenvolvimento distrital recebe injeções com a abertura da BR-101 em 1974, mesmo ano em que era inaugurada a Ponte Rio-Niterói e entrava em funcionamento a Sub-Estação de energia elétrica em Rocha Leão (ampliada em 1977). Outros fatores de progresso, que ajudaram Rio das Ostras a ampliar sua importância regional, culminando com o Plebiscito da Emancipação de 1991: a circulação do primeiro jornal riostrense A RAZÃO (1971-1981), tendo o Dr. Bento Costa Júnior como Diretor-Responsável; a criação de um Posto Telefônico no Bar Restaurante Gabriel (1975); o início das obras do terminal da PETROBRÁS em Macaé (1977); a execução de melhoria no trecho Rio Dourado-Rio das Ostras/ RJ-162 e a inauguração do BRADESCO (1978); a criação da Paróquia de Rio das Ostras (1979), tendo como primeiro pároco o Padre João Machado Evangelho; a inauguração da Escola Estadual Jacinto Xavier Martins (1982); o começo do funcionamento da Sub-Estação de Rio das Ostras, no bairro Nova Cidade (1984); e a desapropriação da Fazenda Cantagalo pelo INCRA (1987).
Em 13/09/1991, pelo Decreto nº 066/91, de autoria da Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional, o Governador do Rio de Janeiro determina a realização de Plebiscito no distrito de Rio das Ostras, 3º distrito do município de Casimiro de Abreu, para a criação do município de Rio das Ostras. Realizado o Plebiscito em 24/11/1991, houve uma esmagadora vitória do “Sim” ( 95% do total de 6.300 eleitores que foram as urnas). Finalmente de acordo com a Lei nº 1984, de 10/04/1992, o Governador Leonel Brizola, criava o município de Rio das Ostras.
Claudio Ribeiro é eleito em outubro de 1992, primeiro Prefeito de Rio das Ostras, ao derrotar nas eleições os candidatos Gelson Apicelo, Francisco Nascimento e Alcebíades Sabino;governando o município entre 1º de janeiro de 1993 até 6 de fevereiro de 1996, quando foi barbaramente assassinado. Em seu lugar assumiu Tereza Visconte Gianazzi, cumprindo o restante do mandato e transferindo o cargo ao sr. Alcebíades Sabino dos Santos, no primeiro dia de janeiro de 1997, tendo sido o mesmo reeleito para o período de 2001-2004, ao fim do qual passou a Prefeitura as mãos do sr. Carlos Augusto Carvalho Baltazar, atual governante do município que vem dando o maior salto econômico e demográfico do Estado do Rio de Janeiro, movido pelo pagamento de royalties do petróleo, turismo, comércio e força produtiva do seu povo.

18 de fev de 2010

Casa Nova - Decoração do Quarto

Sinônimo de refúgio e de descanso, o quarto de casal é onde começa e acaba os seus dias, lado a lado com a pessoa com quem partilha a vida. Enquanto uma das divisões mais privadas da casa e que é, por norma, compartilhada por duas pessoas, é importante encontrar um equilíbrio no que toca à sua decoração. Saiba como decorar um quarto de casal, num abrir e fechar de olhos, para noites tranquilas e inesquecíveis!

Onde começar. Decorar um quarto de casal deve ser um projeto a dois… nada mais apropriado não acha? Comecem por tentar descobrir o tipo de quarto que querem: minimalista, romântico, contemporâneo ou clássico? Procurem a resposta para esta pergunta ao visitarem várias lojas de móveis e decoração ou até feiras da especialidade. Estes locais apresentam várias idéias, sendo a principal o poder ver, ao vivo e bem de perto, vários quartos modelos, numa enorme variedade de cores e com todos os pormenores decorativos. Não se esqueça que estão projetando o seu oásis pessoal, por isso, façam tudo com calma e considerem sempre mais que uma opção, sem esquecer as revistas, os livros e os sites dedicados à arte de decorar.
O essencial. Decidir o mobiliário – para além da cama, há que contemplar as mesas-de-cabeceira, a cômoda, um camiseiro ou dois – depende, em grande parte, da dimensão do quarto e da otimização do espaço que vão conseguir. Ou seja, um quarto estreito pode não ter espaço para uma cômoda de grandes proporções, mas pode encaixar prefeitamente dois camiseiros altos e esguios. Nesta altura, é necessário tirar muitas medidas, fazer desenhos no papel e até simulações no próprio quarto. Por fim, invistam num bom colchão – a qualidade do seu descanso vai depender disso!
Cores para a alma. Segue-se a escolha das cores (não mais de três) que, para além de combinarem na perfeição com os movéis, vão pintar o seu quarto – literalmente nas paredes – e ainda aquelas que vão emprestar pequenos apontamentos coloridos. O ideal é optar por uma cor neutra, de fácil conjugação com outras cores no caso de aqui a algum tempo quererem dar uma rajada de ar fresco ao seu quarto. Algumas sugestões incluem: os dourados para um tom clássico, os prateados para um look futurista, o branco para um ambiente clean e minimalista, o preto para um quarto elegante e sofisticado, o azul para uma frescura invejável, ou podem ainda marcar a diferença com uma cor quente como o vermelho ou o laranja. Aqui, o arco-íris é o limite!

Aconchego para o corpo. Igualmente importante são os têxteis que vão envolver todo o espaço, começando pela decoração das janelas para um aconchego e privacidade máxima. Depois, terá que decidir se vão ou não cobrir o chão: se sim, vão optar por dois tapetes de cada lado da cama, vão acrescentar um terceiro aos seus pés ou vão optar por uma única carpete de grandes dimensões e sobre a qual vai assentar a cama? Não há nada como nos deitarmos numa cama com lençóis lavados, suaves e perfumados, por isso, dê especial atenção à roupa de cama: para além dos habituais jogos de algodão ou flanela, invista em lençóis de seda ou de caxemira para noites especialmente românticas! Um bom edredão é essencial e uma capa reversível permite vestir a cama conforme o seu estado de espírito. Complete o visual com almofadas confortáveis e uma manta fofinha aos pés da cama.

Corações iluminados. Um dos elementos mais importantes num quarto de casal é a iluminação – que deve ser sempre suave e agradável. Uma iluminária de teto é prática e indispensável, mas são os abajures das mesas-de-cabeceira que vão conferir a este espaço um ambiente recatado e longe de tudo: certifique-se que os seus interruptores são fáceis de operar e que não estão muito longe, que os abajures não sejam muito altos ou demasiado baixos e que não tenha de sair da cama para desligar qualquer que seja a luz. Se gostarem de ler na cama, os abajures devem ter uma abertura maior em baixo, para concentrar a luz na zona da cama e, conseqüentemente dos livros; se a leitura não faz parte do seu ritual noturno, podem optar por abajur com uma maior abertura no topo, dispersando assim a iluminação por todo o quarto.
Paredes que falam. Deixe que as paredes do seu quarto falem… com uma decoração invejável! Seja com tinta ou papel cobrindo uma ou todas as paredes, a verdade é que o quarto vai ganhar logo outra personalidade, tornando-o único. Se não se querem “prender” a uma única cor ou padrão, as paredes podem ainda ganhar vida com obras de arte – quadros pintados por vocês, de artistas conhecidos, fotografias artísticas ou familiares – conjuguem conforme o espaço pensado. Se preferirem, podem ainda utilizar o espaço das paredes para montar prateleiras ou colocar uma estante até ao teto para guardarem livros ou recordações das vossas viagens. Um espelho – retangular, quadrado, oval, redondo, com ou sem moldura, pendurado ou pousado – fica sempre bem e vai automaticamente fazer com que qualquer quarto pareça maior!
Lugares sentados. Guarde a cama especialmente para vocês, protegendo-a contra tudo e todos ao munir o seu quarto de lugares sentados alternativos. Um banco debaixo da janela ou aos pés da cama, duas poltronas são um convite para uma boa conversa no final do dia enquanto trocam de roupa, um espaço para ler, para estar com os filhos ou simplesmente pousar a roupa que vai vestir amanhã! Para além da sua funcionalidade extrema, os lugares sentados criam um recanto agradável e de descanso em qualquer quarto…que é, afinal de contas, o grande objetivo, não é verdade?

Um toque de romance. Para assegurar a presença contínua de um ambiente romântico, mantenham a restante decoração do quarto simples e organizada: várias velas, caixas de madeira para guardar relógios e bijutaria, esculturas de linhas retas, alguns livros são mais que suficientes. Se conseguirem resistir à tentação, não coloquem uma televisão no quarto (será uma grande distração e por vezes motivo de discussão se um quer dormir e o outro quer ver as notícias da meia-noite!), optando antes por um pequeno sistema de som para ouvirem música tranquila antes de fecharem os olhos. Em ambos os casos, estes equipamentos devem ser “escondidos” sempre que necessário (entenda-se, em noites de paixão!). No caso de existirem crianças, certifique-se que a porta do quarto possa ser trancada e ensine a criançada a bater antes de entrar! Agora sim, desfrutem do vosso refúgio privado!

17 de fev de 2010

Save the Date (Reserve a data)

Avisar aos convidados a data do casamento com antecedência virou moda

Uma das primeiras decisões que o casal precisa tomar antes de começar a planejar o casamento é marcar da data da união. Depois da data marcada, os noivos podem avisar a todos os amigosd e convidados, mandando um cartão de Save the Date (em português significa “Reserve a data” ou “Guarde a data”).
Como os convites formais costumam ser enviados com uma antecedência menor, o Save the Date permite que os convidados possam planejar melhor. Atualmente, além desta função, esse aviso é uma maneira criativa e divertida de começar a envolver as pessoas com o evento que irá acontece.
O Save the Date é um aviso que os noivos enviam aos futuros convidados para que eles reservem na agenda aquela data e não assumam nenhum outro compromisso.
Além de ser uma forma diferente e original de informar a todos a data do casamento, o convidado pode se preparar com antecedência para o evento, principalmente aqueles que residem em lugares distantes.
O Save the Date pode ser enviado virtualmente por e-mail ou impresso pelo Correio. Ele pode ser também impresso em papel fotográfico com ímã, pode ser em formato de cartão-postal, marcador de páginas ou um singelo cartãozinho dentro de um envelope.
O Save the Date pode ser descontraído, mas deve seguir a mesma linha do convite e não deve chamar mais atenção do que ele.
É importante que o aviso contenha a data do evento, o nome dos noivos, o local do evento - como a cidade e o estado - e frases do tipo “Reserve a data para o casamento de...” e “O convite será enviado a seguir”.
O Save the Date pode ser enviado de quatro a nove meses antes do casamento e precisa ser encomendado bem antes do convite oficial.
O envio do Save the Date não substitui a entrega do convite formal. O convite deve ser enviado mais próximo à data do casamento.
Faça já o seu e surpreenda seus convidados!
Abaixo alguns modelos, confira:
O passo a passo para ter selos personalizados no seu casamento

Convite de casamento a gente entrega ao vivo e a cores, mas save the date e thank you card devem ser remetidos pelos Correios. Nos Estados Unidos os noivos podem criar um selo exclusivo e colocar até a foto do casal, se quiserem. Aqui no Brasil os Correios também disponibilizam um serviço parecido. Abaixo você aprende direitinho como proceder para ter o seu selo exclusivo. Infelizmente os Correios não permitem o uso do seu selo exclusivo sozinho no envelope. O selo pessoal deve ser impresso ao lado de um selo comum. Os Correios disponibilizam 12 modelinhos. Um deles estampa duas alianças e é perfeito para uma correspondência de casamento. Olha só:
Entendeu como é? O selo vem “dividido” em duas partes: de um lado o modelo dos Correios e do outro o que vocês quiserem: pode ser a foto dos noivos, pode ser a identidade visual do casamento. Para escolher o se é só ir no link: http://www.correios.com.br/selos/selos_postais/selos_2004/modelos.cfm
Escolhido o seu selo é hora de fazer o pedido aos Correios. Você precisará ir à agência central da sua cidade levando a imagem que será impressa no selo (em disquete ou CD + cópia impressa).
Você também precisará levar uma cópia preenchida e assinada do Termo de Solicitação do Serviço de Personalização de Selos Postais.
A qualidade da impressão do selo vai depender da qualidade da foto que vocês escolherem. Também preste atenção no formato da foto ou imagem: ela precisa estar no sentido horizontal para combinar com o selo dos Correios, que ficará ao lado. O prazo de entrega do seu selo personalizado é de cerca de 10 dias úteis. Uma folha com 12 selos custa cerca de R$ 30. Digamos que vocês tenham 100 envelopes para enviar. Neste caso gastariam pouco mais de R$ 270. Legal, né?

Convite para café da manhã


O convite para um café da manhã veio acompanhado de grãos de café dentro de uma caixinha com cara rústica. Simples e muito de muito bom gosto.




Dê mil motivos para ninguém esquecer seu casamento



O save the date deste casal foi uma caixinha com bottons e lápis personalizados. O botton o convidado prende na roupa e com o lápis marca a data na agenda. Não tem como esquecer, não é?

Expo Noivas e Festa

O Expo Noivas e Festas, que aconteceu entre os dias 4 e 7 de fevereiro, trouxe diversas novidades e curiosidades para os casais que foram até o evento se inspirarem e pesquisaram sobre os detalhes do casamento.
Ao todo foram 110 expositores de diversas áreas sobre o casamento: desde o convite até a festança.
O KZ ATELIER NOIVAS separou algumas das novidades que foram expostas esse ano na feira. Confira:

Buquê revela humor da noiva: a organização trouxe em parceria com a empresa dinamarquesa “a Geek Physical” um buque que possui “LEDs” que acender de acordo com o humor da noivinha. O buquê, que mostra em cores o nervosismo da noiva, custa R$ 10 mil.

Casamento carnavalesco: o grupo “Baketa de Ouro” transforma a festa de casamento em um verdadeiro Carnaval, criando até um samba de enredo exclusivo coma história dos pombinhos. Eles conversam com o casal e, a partir do papo, compõe o samba-enredo da história dos dois.

Fotos vão automaticamente para sites de relacionamentos: a empresa “Foto Studio Equipe” inova e permite agora que todas as imagens que são feitas pelos fotógrafos sejam enviadas automaticamente para sites como Twitter e Facebook, atualizando álbuns virtuais.

Bem-casado em forma de coração: Para deixar a cerimônia ainda mais romântica, a “Oficina do Açucar” lançou com exclusividade o bem-casado em forma de coração, que também pode ter a cor vermelha em uma embalagem super especial.

Curso para casar, receber e se portar: a “Ser Elegante” oferece cursos para ensinar aos casais como se comportar melhor na vida a dois e até a receber melhor os convidados em casa.
Convite de casamento com História em quadrinhos: A Papel e Estilo lança durante a feira um convite que surpreende a todos que recebem. A empresa contrata o serviço de caricatura, faz a pesquisa da trajetória dos noivos e elabora uma história em quadrinhos que remete à vida do casal. Um convite totalmente personalizado, com garantia de que ninguém mais terá um convite igual ao seu.

Noivos cantores e dançarinos: A nova febre entre os noivos é uma apresentação que surpreenda os convidados. A Banda B/S/H se especializou nisso e durante a feira apresentará, além do serviço musical, o curso de canto ou de dança para os noivos que gostam de inovar. Quando o noivo(a) quer cantar uma música especial para a noiva(o), a banda ensaia com o “cantor” e dá dicas de como não desafinar em frente a todos os convidados. Já na opção de dança, os dançarinos da ban da ensinam o casal coreografias de filmes famosos como Dirty Dancing. O resultado é muita surpresa e diversão para todos os convidados.

Vestidos de Noiva tradicionais, mas nem tanto: Estandes de alta costura também trazem novidades, apesar da preferência das noivas ainda ser o tradicional tomara-que-caia na cor branca e longo com cauda. É possível optar por modelos curtos, coloridos, jeans, sensuais e ousados. Não deixe de conferir novidades no KZ ATELIER NOIVAS.

Noite de Núpcias em alto mar: A empresa Núpcias a Bordo traz nessa edição um serviço muito diferenciado, para deixar a noite de núpcias ainda mais inesquecível. Os noivos podem passar a primeira noite como casados em um barco que está na Marina de Santos, com direito a jantar temático, um dia completo com passeio até o Guarujá e mergulho.

Noivinhos/Topos de Bolo: Os topos de bolo também ganham destaque. Com o intuito de personalizar o máximo possível, os noivinhos ganham atitude e transferem exatamente a personalidade do casal. As opções variam entre apaixonados, baladeiros, roqueiros, sadomasoquistas, viciados em vídeo-game, entre tantos outros.

Bolos:
O show à parte fica por conta das cake designers e doceiras, que apresentam com muita inovação um dos personagens principais do casamento: o bolo. Para atender às expectativas das noivas, a criatividade não tem limites. Lá é possível conferir bolos coloridos, gigantes, tradicionais, personalizados e em formatos inusitados. Uma verdadeira exposição de obras de arte disso, os noivos podem degustar diversos sabores e já escolher aquele que mais agrada seu paladar na famosa Fábrica de Bolos, espaço tradicional destinado às cake designers que participam da feira.

Convites: Os convites são remodelados e agora aparecem em quebra-cabeça, latas, garrafas, jornal, em formato de selo com foto, entre tantos outros modelos. A criatividade é do tamanho da idéia e do bolso do casal e as empresas garantem que podem produzir o que for necessário para atender ao sonho dos noivos.

Buffets e Bartenders: Os buffets trabalham com cardápios personalizados ou pacotes pré-elaborados. Empresas de bartenders também apresentam novidades em drinks e diversas acrobacias que animam o ambiente durante a festa.

Lembrancinhas: As lembrancinhas passam pelo tradicional chinelo personalizado, que fazem a alegria das mulheres no final da festa. A evolução do conforto se dá com a chegada da pantufa, muito mais gostosa para descansar os pés depois de muita farra e dança. As garrafinhas de água, vinho e isotônico com a foto no rótulo e informações sobre o casamento continuam em alta.

Decoração: A decoração ganha velas, flores de diversos tipos e folhagens para dar o toque final da estação. Do clássico ao inovador, as empresas se renovam para oferecer tudo que há de mais moderno e arrojado para cenografia das cerimônias e festas.

PS.: E as noivinhas do Rio de Janeiro não precisam ficar com inveja, pois trataremos, em breve, das feiras por aqui. Por exemplo, Expo Noivas & Festas RJ 2010 está marcada para maio e o Workshop Inesquecível Casamento 2010 (Edição IX) será em agosto novamente no Hotel Intercontinental. Mas isso é papo para mais tarde em outro post.

O CARNAVAL
O carnaval é uma festa que se originou na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C.. Através dessa festa os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. Posteriormente, os gregos e romanos inseriram bebidas e práticas sexuais na festa, tornando-a intolerável aos olhos da Igreja. Com o passar do tempo, o carnaval passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica, o que ocorreu de fato em 590 d.C. Até então, o carnaval era uma festa condenada pela Igreja por suas realizações em canto e dança que aos olhos cristãos eram atos pecaminosos.
A partir da adoção do carnaval por parte da Igreja, a festa passou a ser comemorada através de cultos oficiais, o que bania os “atos pecaminosos”. Tal modificação foi fortemente espantosa aos olhos do povo, já que fugia das reais origens da festa, como o festejo pela alegria e pelas conquistas.
Em 1545, durante o Concílio de Trento, o carnaval voltou a ser uma festa popular. Em aproximadamente 1723, o carnaval chegou ao Brasil sob influência européia. Ocorria através de desfiles de pessoas fantasiadas e mascaradas. Somente no século XIX que os blocos carnavalescos surgiram com carros decorados e pessoas fantasiadas da forma semelhante à de hoje.
A festa foi grandemente adotada pela população brasileira, o que tornou o carnaval uma das maiores comemorações do país. As famosas marchinhas carnavalescas foram acrescentadas, assim a festa cresceu em quantidade de participantes e em qualidade.
A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspirariam no Carnaval parisiense para implantar suas novas festas carnavalescas.
Em 2005 o Carnaval de Salvador na Bahia foi para Guinness Book como a maior festa de rua do mundo. Em Recife (Pernanbuco) Existe o maior bloco de carnaval do mundo, o Galo da Madrugada.

HISTÓRIA E ETMOLOGIA
Em geral, o Carnaval tem a duração de três dias, os dias que antecedem a Quarta-feira de Cinzas. Em contraste com a Quaresma, tempo de penitência e privação, estes dias são chamados "gordos", em especial a terça-feira (Terça-feira gorda, também conhecida pelo nome francês Mardi Gras), último dia antes da Quaresma. Nos Estados Unidos, o termo mardi gras é sinônimo de Carnaval.
No período do Renascimento as festas que aconteciam nos dias de carnaval incorporaram os baile de máscaras, com suas ricas fantasias e os carros alegóricos. Ao caráter de festa popular e desorganizada juntaram-se outros tipos de comemoração e progressivamente a festa foi tomando o formato atual.
De acordo com o modo contemporâneo o carnaval ainda é considerado uma forma de festa bastante tradicional, pois persistiu por vários anos com o mesmo aspecto.

CÁLCULO DO DIA DE CARNAVAL
Todos os feriados eclesiásticos são calculados em função da data da Páscoa, com exceção do Natal. Como o domingo de Páscoa ocorre no primeiro domingo após a primeira lua cheia que se verificar a partir do equinócio da primavera (no hemisfério norte) ou do equinócio do outono (no hemisfério sul), e a sexta-feira da Paixão é a que antecede o Domingo de Páscoa, então a terça-feira de Carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa.

9 de fev de 2010

Casa nova - Decoração da Sala

A sala é uma das mais frequentadas divisões da casa, ora para esticar as pernas no fim de um dia cansativo, ora para ver um bom filme a dois num sábado chuvoso ou para oferecer um lanche aos amigos num domingo à tarde. Espaço multi-facetado, prepare-o a preceito para receber bem habitantes e visitantes!

Cor
Uma das primeiras decisões a tomar quando se decora uma sala (ou qualquer outra divisão) é decidir os tons que vão dar personalidade a este espaço… e esta não tem de ser uma escolha difícil! Há quem diga para fugir das monótonas paredes brancas, mas a verdade é que esta, que é uma das cores mais simples, cria um efeito visual intenso e amplo, principalmente se também for aplicada nos sofás, móveis e outros elementos. Por fim, é ótima porque combina com tudo!
Se preferir outros tons, escolha cores versáteis – castanhos, beges, pretos – que podem facilmente ser alvas de um refresh de vez em quando e que ficam bem com quase todas as cores do arco-íris.
Antes de comprar meia dúzia de latas de tinta, pense se quer realmente pintar todas as paredes ou apenas uma? Quer destacar apenas o pilar da lareira? Pintar os rodapés e os contornos das janelas seria outra opção interessante, não acha? E se esquecesse as paredes e aplicasse cor ao teto? Considere as várias opções possíveis antes de pegar no pincel!
Guarde as cores vivas – laranja, amarelo, azul forte ou fuschia – e cintilantes – prateados ou dourados – para os acessórios.

Com muito estilo
A decoração deve ser, acima de tudo, um reflexo de quem habita o espaço em questão, seguida de elevados padrões de conforto. Aliás, uma sala de estar tem de ser obrigatoriamente sinônimo de comodidade, se não, quem é que vai querer estar lá?!
Para que a sala seja a sua cara, estabeleça algumas linhas orientadoras: seja minimalista, hi-tech, rústico ou contemporâneo, olhar algumas revistas de decoração pode ajudá-los a definir um estilo com o qual se identificam. Depois, é só começar a compor a sala a partir daí. Se, por outro lado, já definiu o tipo de mobília que quer ou se já a tem, estará no meio do processo, agora é só decorar, decorar, decorar!
Dentro do ambiente que criou na sua cabeça (ou que muito inteligentemente passou para o papel!), não tenha medo das misturas! O sofá de 3 lugares não tem de ser igual aos sofás individuais, pode perfeitamente combiná-lo com dois poufs gigantes, uma chaise-lounge ou duas poltronas – tudo em cores ou padrões condizentes. Se as peças estiverem enquadradas no estilo escolhido e/ou na palete de cores, o conjunto vão acabar por se harmonizar.

Quero espaço!
O aproveitamento de espaço é a mais valiosa lição de design de interiores que alguma vez pode aprender e deve ser aplicada em todas as divisões da casa. A sala é uma tela branca perfeita para aperfeiçoar esta técnica, começando pela disposição de todo o mobiliário num layout que favoreça, tanto os momentos passados vendo televisão, como aqueles passados em convívio!
Independentemente se tem uma sala vazia à sua disposição ou se vai redecorar a existente, comece por definir o ponto central do espaço, ou seja, a partir de que elemento vai organizar a mobília. Pode ser um pilar, janelas amplas, a lareira ou a porta de acesso ao terraço.
Coloque o sofá na diagonal, integrando as restantes peças a partir daí; projete uma verdadeira sala de família ou sala multiusos ao criar pequenos espaços distintos para as cripnças poderem brincar, um cantinho para a leitura ou para o seu marido poder trabalhar no computador enquanto você vê a sua novela!
Não é o fim do mundo se a sua sala for minúscula – tire o máximo partido desta “miniatura” ao colocar um espelho do chão ao teto ou uma mesa de vidro, ambas criam a ilusão de uma sala mais ampla. Para um efeito espectacular (e contrariando a lógica) escolha uma peça XL para este espaço – pode ser uma mesa de centro, um candeeiro de pé ou armário – as atenções vão estar de tal maneira vidradas neste elemento que ninguém vai reparar na sua sala pequena!
Recantos recônditos podem ser aproveitados para embutir prateleiras (que nunca são demais!) ou para encaixar um móvel alto e estreito (pode comprar ou mandar fazer à medida para um look perfeito!) que poderá guardar copos ou garrafas e servir de bar quando tiver convidados.

Sofás e outros descansos
A busca do sofá perfeito tem muito que se diga, não fosse este o rei da sala e sinônimo de elevado investimento! Para assegurar um sofá confortável e duradouro terá de passar por 5 testes:
Estrutura – esta deve ser preferencialmente de madeira (fuja dos compessados, plásticos e metais!), tem de ser sólida e incluir pés; pode testar a sua robustez fazendo o seguinte: ao levantar um dos cantos da parte da frente do sofá cerca de 15 cm, a outra perna da frente também tem de se levantar, se não aconteceu, a estrutura é demasiada frágil.
Juntas – apenas são permitidas as de madeira ou metal, ou seja, nada de pregos e colas.
Molas – são imprescindíveis e devem estar juntas e bem apertadas, se quando se sentar ouvir um pequeno estalo que seja, esqueça!
Enchimento – as melhores opções são a espuma de alta resistência que incorpora penas ou a espuma de poliuretano, para um maior conforto e para um sofá que não fique desfigurado em pouco tempo!
Têxteis resistentes – o algodão e o linho são ótimos, mas são tecidos que ficam facilmente presos a tudo e mais alguma coisa; os sintéticos e micro fibras são uma boa opção e mais resistentes às nódoas que os anteriores; as fibras naturais e sintéticas poderão parecer velhas em pouco tempo; a lã e a pele são extremamente fortes, mas também são as mais caras; a seda é lindíssima mas muito frágil.

Mesas, estantes e outros móveis de apoio
Quando estiver às compras, à procura da mesa de centro, uma das peças chaves de qualquer sala, de especial atenção às seguintes características:

Tamanho e Forma – nem muito grande, nem muito pequena, a mesa do centro tem de ser proporcional ao espaço que a vai acolher; se for oblonga não deve ser maior do que metade do comprimento do sofá, com uma largura de 75 cm no máximo; a mesa quadrada está muito na moda e a retangular não fica nada atrás, sendo que ambas devem ter um espaço livre de 80-90 cm entre o restante mobiliário para permitir a fácil circulação das pessoas; se o espaço disponível for mais apertado, uma mesa redonda (com um diâmetro de cerca de 90 cm) é uma boa solução. Independentemente do modelo escolhido, as mesas não devem ser mais altas do que o assento do seu sofá, ou seja, cerca de 50 cm, para conseguir um efeito horizontal linear.

Material – apesar da madeira ser, em termos de resistência e durabilidade, a escolha acertada, a verdade é que uma mesa de centro pode ser de qualquer material, desde alumínio, cobre e acrílico, a metal, vidro ou até uma porta antiga aproveitada!
Quer inovar? Em vez de uma mesa de centro “normal”, coloque uma arca antiga ou moderna (vai ser também um excelente local para guardar jogos, mantas e outras bugigangas!)! As mesas empilháveis, que podem ficar ao lado do sofá e colocadas no centro sempre que forem precisas, são outra excelente opção para uma sala de estar.
O móvel para a televisão deve ser adquirido a pensar em todos os outros equipamentos hi-tech que lhe fazem companhia. A existência de algumas gavetas ou armários são ideais para arquivar os seus filmes e CDs preferidos. E não se esqueça: uns bons 2 ou 3 metros é a distância ideal entre esta mesa e o sofá.
Se tiver espaço, uma mesa de apoio ao lado sofá, para colocar livros e um abajur, ou uma mesa estreita por de trás do sofá para as fotos de família, ficam sempre bem!

No chão
Por vezes, andamos tão preocupados com a mobília, as paredes e as peças decorativas que não olhamos para baixo – para o chão! Para quem adora andar descalço, existem materiais bonitos para mimar os seus pés e até os chinelos! Se, por outro lado, não aprecia o barulho dos tacões e não vive sem um bom tapete a seus pés, tem muito por onde escolher!
Os tapetes sintéticos (polipropileno ou nylon) são econômicos, bons a disfarçar a sujeira e anti-água, mas de pouca duração; os de algodão são baratos e vão à máquina de lavar, mas mancham e descoloram facilmente; para um toque ecológico opte por tapetes de sisal, juta ou bambu; os tapetes de lã são extremamente resistentes (principalmente às nódoas) e não espalmam com facilidade (basta passar o aspirador!), são os mais caros, mas também sobrevivem a décadas de pegadas!
Em termos de tamanho, um tapete muito grande pode “afogar” todo o aspecto da sala, enquanto um demasiado pequeno dará a impressão que “falta alguma coisa”.
Para um estilo mais informal, coloque a mobília metade em cima da carpete, metade em cima do chão; para atingir um look mais formal, coloque a peça completamente sobre o tapete ou completamente sobre o chão.

Ilumine-se!
A luz natural e artificial é essencial para criar o efeito desejado na sala de estar, a qualquer hora do dia ou da noite.
Se delineou vários ambientes distintos, certifique-se que cada espaço tenha luz apropriada e suficiente. Para além de uma boa luminária no teto – para quando tiver a sala cheia – não dispense os abajus, de mesa ou de pé, que conferem ambientes mais intimistos.
As velas também entram neste campo porque iluminam, o ambiente e o espírito!

O toque dos têxteis
O toque de magia na sala será vestí-la com têxteis luxuosos e agadáveis, uma combinação de cores e texturas que podem transformar a sua sala num abrir e fechar de olhos.
Ganhe um novo sofá, poltrona ou cadeira ao cobrí-los com capas divertidas e coloridas. O mesmo aplicá-se às mesas que podem ser vestidas ou despidas com toalhas diferentes, conforme a inspiração! Se não for adepto das capas, escolha um tecido e mande estofar os seus velhinhos sofás – ficará sempre mais em conta do que comprar um novo!
Não se esqueça das almofadas e das mantas para um apontamento extra-confortável. Objetos de puro deleite são, ainda por cima, econômicos, o que quer dizer que pode renová-los frequentemente. As almofadas têm ainda outra utilidade – tendo as bases, só tem de adquirir as fronhas para mudar o look sempre que quiser!
As cortinas completam qualquer ambiente e, corridas ou abertas, criam o ambiente que quiser associar ao seu estado de espírito do momento (para não dizer que escondem vidros que estão por limpar!)
Peças que dão vida e outras ajudas
A partir de agora, o resto é com você – dedique-se à Adicionar imagemprocura e aquisição de peças únicas e pessoais para decorar a sala de estar. As combinações são inúmeras – livros, taças e jarras em vidro ou porcelana, quadros, estatuetas, peças de arte – o importante é não encher demasiado o espaço, nem fugir radicalmente ao estilo e cores escolhidas inicialmente.
As plantas ou um cesto bonito para acolher revistas têm ainda outro papel engraçado – esconder os fios da televisão, DVD e sistema de som.
Aproveite uma peça decorativa grande – um prato, uma peça em estanho ou um cesto para juntar todos os comandos que hoje são mais que muitos!
Acima de tudo, seja criativa e original – para um efeito surpresa, decore um recanto com um objeto raro que tenha trazido de uma viagem ou recicle velhos objetos, adaptando-os à nova decoração.

8 de fev de 2010


EXISTE UM DEFEITO NA MULHER

Quando Deus fez a mulher já estava em seu sexto dia de trabalho fazendo horas extras.
Um anjo apareceu e Lhe disse: "Por que leva tanto tempo nisto?"
E o Senhor respondeu: "Já viu a minha ficha de especificações para ela?"
Deve ser completamente lavável, mas sem ser de plástico, ter mais de 200 peças móveis e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa, até sobras, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho arranhado até um coração partido e fará tudo isto somente com duas mãos."
O anjo se maravilhou com as especificações.
"somente duas mãos....Impossível!"
e este é somente o modelo básico?
É muito trabalho para um dia...Espere até amanhã para terminá-la."
Isso não, protestou o Senhor. Estou tão perto de terminar esta criação que é favorita de Meu próprio coração.
Ela se cura sozinha quando está doente e
pode trabalhar jornadas de 18 horas." O anjo se aproximou mais e tocou a mulher.
"mas o Senhor a fez tão suave..."
"É suave", disse Deus, mas a fiz também forte. Você não tem ideia do que pode aguentar ou conseguir.
"Será capaz de pensar?" perguntou o anjo.
Deus respondeu:
"Não somente será capaz de pensar mas também que raciocinar e de negociar"
O anjo então notou algo e estendendo a mão tocou a bochecha da mulher....
"Senhor, parece que este modelo tem um vazamento...
Eu Lhe disse que estava colocando muita coisa nela..."
"Isso não é nenhum vazamento... é uma lágrima" corrigindo-o o Senhor.
"Para que serve a lágrima," perguntou o anjo.
e Deus disse:
"As lágrimas são sua maneira de
expressar seu destino, sua pena, seu desengano, seu
amor, sua solidão, seu sofrimento, e seu orgulho."
Isto impressionou muito ao anjo "O Senhor é um gênio, pensou em tudo. A mulher é
verdadeiramente maravilhosa"
Sim é!
A mulher tem forças que maravilham aos homens.
Aguentam dificuldades, levam grandes cargas,
mas têm felicidade, amor e alegria.
Sorriem quando querem gritar.
Cantam quando querem chorar. choram quando
estão felizes e riem quando estão nervosas.
Lutam pelo que creem.
Enfrentam à injustiça.
Não aceitam "não" como resposta quando
elas creem que há uma solução melhor.
Privam-se para que a sua família possa ter.
Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir.
Amam incondicionalmente.
Choram quando seus filhos triunfam e se alegram
quando seus amigos ganham prêmios.
Ficam felizes quando ouvem sobre um
nascimento ou um casamento.
Seu coração se parte quando morre uma amiga.
Sofrem com a perda de um ente querido, entretanto são fortes quando pensam que já não
há mais forças.
Sabem que um beijo e um abraço
podem ajudar a curar um coração partido.
Entretanto, há um defeito na mulher: É que ela se esquece o quanto vale.

3 de fev de 2010

Alguns vestidos que você encontra no KZ Atelier Noivas para 1º Aluguel. Venha conferir.
Emily

__________________________________


NOML702


_____________________________________



Tulipan


_____________________________________



Rachel

_______________________



Aleli

_______________________________________

Frases e crônicas sobre o Casamento

Deus, para a felicidade do homem, inventou a fé e o amor. O Diabo, invejoso, fez o homem confundir fé com religião e amor com casamento.
Machado de Assis

Promessas de Casamento
Martha Medeiros

Em maio de 98, escrevi um texto em que afirmava que achava bonito o ritual do casamento a igreja, com seus vestidos brancos e tapetes vermelhos, mas que a única coisa que me desagradava era o sermão do padre. "Promete ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando-lhe e respeitando-lhe até que a morte os separe?" Acho simplista e um pouco fora da realidade. Dou aqui novas sugestões de sermões:- Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade?- Promete saber ser amiga(o) e ser amante, sabendo exatamente quando devem entrar em cena uma e outra, sem que isso lhe transforme numa pessoa de dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?- Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a se concretizar?- Promete sentir prazer de estar com a pessoa que você escolheu e ser feliz ao lado dela pelo simples fato de ela ser a pessoa que melhor conhece você e portanto a mais bem preparada para lhe ajudar, assim como você a ela?- Promete se deixar conhecer?- Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que não usará a rotina como desculpa para sua falta de humor?- Promete que fará sexo sem pudores, que fará filhos por amor e por vontade, e não porque é o que esperam de você, e que os educará para serem independentes e bem informados sobre a realidade que os aguarda?- Promete que não falará mal da pessoa com quem casou só para arrancar risadas dos outros?- Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria solidão, que casamento algum elimina?- Promete que será tão você mesmo quanto era minutos antes de entrar na igreja?
Sendo assim, declaro-os muito mais que marido e mulher: declaro-os maduros.

O casamento faz de duas pessoas uma só, difícil é determinar qual será.
William Shakespeare

Minha mulher e eu temos o segredo para fazer um casamento durar:Duas vezes por semana, vamos a um ótimo restaurante, com uma comida gostosa, uma boa bebida e um bom companheirismo. Ela vai às terças-feiras e eu, às quintas. Nós também dormimos em camas separadas: a dela é em Fortaleza e a minha, em SP. Eu levo minha mulher a todos os lugares, mas ela sempre acha o caminho de volta. Perguntei a ela onde ela gostaria de ir no nosso aniversário de casamento, "em algum lugar que eu não tenha ido há muito tempo!" ela disse. Então, sugeri a cozinha. Nós sempre andamos de mãos dadas... Se eu soltar, ela vai às compras! Ela tem um liquidificador, uma torradeira e uma máquina de fazer pão, tudo elétrico. Então, ela disse: "nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar".Daí, comprei pra ela uma cadeira elétrica. Lembrem-se: o casamento é a causa número 1 para o divórcio. Estatisticamente, 100 % dos divórcios começam com o casamento. Eu me casei com a "senhora certa".Só não sabia que o primeiro nome dela era "sempre".Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la. Mas, tenho que admitir: a nossa última briga foi culpa minha. Ela perguntou: "O que tem na TV?" E eu disse: "Poeira".
Luís Fernando Veríssimo

No adultério há pelo menos três pessoas que se enganam.
Carlos Drummond de Andrade

O ideal no casamento é que a mulher seja cega e o homem surdo.
Sócrates

Era uma vez... numa terra muito distante...uma princesa linda, independente e cheia de auto-estima.Ela se deparou com uma rã enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo era relaxante e ecológico... Então, a rã pulou para o seu colo e disse: linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Uma bruxa má lançou-me um encanto e transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo. A tua mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavar as minhas roupas, criar os nossos filhos e seríamos felizes para sempre... Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria, pensando consigo mesma: - Eu, hein?... nem morta!
Luís Fernando Veríssimo

Relacionamentos
Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa:- Ah, terminei o namoro...- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...- Cinco anos.... que pena... acabou...- é... não deu certo...Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam. Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?E não temos essa coisa completa.Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.Tudo junto, não vamos encontrar.Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...Acho que o beijo é importante... e se o beijo bate... se joga... se não bate... mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar... ou não. Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.O ser humano não é absoluto.Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama. Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?O legal é alguém que está com você, só por você. E vice-versa. Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós.Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração... Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.Na vida e no amor, não temos garantias. Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear. E nem todo sexo bom é para descartar... ou se apaixonar... ou se culpar...Enfim...quem disse que ser adulto é fácil ????
Arnaldo Jabor

Meu conselho é que se case. Se você arrumar uma boa esposa, será feliz; se arrumar uma esposa ruim, se tornará um filósofo.
Sócrates

Sou contra os noivados muito prolongados. Dão tempo às pessoas para se conhecerem melhor, o que não me parece aconselhável antes do casamento.
Oscar Wilde

O casamento é como enfiar a mão num saco de serpentes na esperança de apanhar uma enguia.
Leonardo da Vinci

No matrimónio existem apenas obrigações e alguns direitos.
Friedrich Nietzsche

O casamento é a única aventura ao alcance dos covardes.
Voltaire

O fardo do casamento é tão pesado que precisa de dois para carregá-lo - às vezes, três.
Alexandre Dumas

O arqueólogo é o melhor marido que uma mulher pode ter; quanto mais velha ela fica, mais interesse ele tem por ela.
Agatha Christie
Mensagens de felicidades para recém-casados

Se você quer mandar uma mensagem no ORKUT para recém-casados um site legal é o Glimboo http://www.glimboo.com/imagens_casamento.php.

Veja abaixo alguns exemplos:





Casamento


Clique aqui para mandar recados e imagens!



....................................................


Casamento


Clique aqui para mandar recados e imagens!



...................................................


Casamento


Não esqueça de enviar um recado de volta... clique aqui!

1 de fev de 2010




Sugestão cardápio 1



Entrada:


Ostras Sicilianas (deve ser o último prato a ser preparado)

Ingredientes: - 6 ostras frescas grandes.

Como todo alimento que irá ser consumido cru, merece nossa atenção quanto à origem - além da certeza de que a retirada de seu habitat natural é feita de maneira controlada. Portanto, dê preferência às criadas em cativeiro. As melhores vem de Santa Catarina.

- 1 limão siciliano
- 1 litro de água fervente
- pimenta do reino em grão (para moer)


Preparo:
- Lave bem as conchas, utilizando água corrente e uma escovinha. Deixe de molho em uma bacia de água com vinagre por 2 minutos. Escorra a água e lave novamente. Abra-as com cuidado utilizando uma faca para ostras. Caso não queira ter todo este trabalho, grandes peixarias já vendem as ostras bem limpas e você pode pedir para já deixarem parcialmente abertas. Após aberta, descarte somente o lado da concha que não tem carne. Solte a carne do outro lado, mas não retire da concha, pois a usaremos para servir.

Ostras são muito sensíveis à temperatura, portanto, em uma travessa, coloque bastante gelo. Distribua as ostras sobre este gelo e leve-as para a geladeira.



- Em duas panelas, ferva 500ml de água. Quando a primeira atingir a fervura, jogue o limão inteiro na água por 1 minuto. Após este tempo, coloque o limão na outra panela que já deverá estar fervendo, por mais 1 minuto. Jogue as águas fora. Este processo irá diminuir a acidez da casca. Agora role o limão, pressionando contra a tábua como se fosse um rolo de abrir massa, isso liberará o aroma, raspe uma parte da casca do limão sobre um prato e reserve.
- Corte o limão ao meio e esprema. Coloque algumas gotas do suco sobre as ostras. Em seguida uma pitada das raspas de limão e uma pitada da pimenta moída na hora. Está pronta a sua entrada




Prato Principal

Frango crocante com purê afrodisíaco


Ingredientes para o frango:

- 2 filés de coxa com sobre coxa
- 3 colheres de sopa de mel
- 3 colheres de sopa de mostarda escura (se possível da que vier com sementinhas. A mostarda estimula as glândulas sexuais).
- 1 xícara de amendoim moído
- pimenta do reino moída na hora
- sal

Preparo:
- Tempere os filés com sal e pimenta a gosto
- Misture a mostarda com o mel e espalhe sobre os filés, reservando um pouco da mistura para depois
- Em uma frigideira, grelhe os filés, até que estejam de mal passado ao ponto
- Pré-aqueça o forno a 200°C
- Unte um tabuleiro com manteiga e coloque os filés afastados um do outro cerca de quatro centímetros. Pincele-os com um pouco mais da mistura de mel e mostarda e espalhe o amendoim por cima
- Leve ao forno por 10 minutos para dourar

Para o purê:
- azeite extravirgem
- ½ cebola e 1 dente de alho bem picados ou socados
- 400 gr de batata barôa
- 2 colheres de sopa de manteiga sem sal
- leite integral- pimenta branca
- sal
- infusão de temperos afrodisíacos
- um mix de ervas e sementes composto por 4 raminhos de tomilho fresco, 4 raminhos de orégano fresco, 10 sementes de coentro quebradas e ½ noz moscada quebrada. Cada um destes temperos tem um valor afrodisíaco considerável
Preparo:
- Descasque as batatas
- Em uma panela de pressão coloque as batatas e encha de água até que ultrapasse dois dedos sobre elas, nem mais nem menos. Cozinhe na panela de pressão por 20 minutos.
- Após este cozimento, retire as batatas com uma escumadeira e em uma travessa esprema-as. Reserve. Caso não disponha de um espremedor de batata, utilize um garfo.

Para a infusão:
- Na mesma panela de pressão, deverá ter restado uma água amarelada. Em uma panela pequena, leve ao fogo um copo desta água e coloque os temperos afrodisíacos levemente macerados pelas mãos. Ferva por cerca de 4 minutos. Com um coador, separe este caldo das folhas e sementes. Reserve o caldo e descarte o restante.
- Em uma panela, refogue o azeite, a cebola e o alho, junte a batata amassada, a manteiga, e a infusão de temperos. Deixe reduzir esta água até que fique bem consistente.
- Adicione o leite aos poucos até que atinja a consistência de seu gosto.
- Tempere com sal a gosto e pimenta branca pra liberar os sabores e aromas.



Sobremesa


Suspiros e morangos com creme

Ingredientes:
- 1 saco de suspiros pequenos- morangos
- 1 garrafinha de creme de leite fresco

Preparo:
- Bata o creme de leite com um foue ou batedeira até que atinja uma consistência de chantili.
- Em duas taças de sorvete, coloque uma camada de suspiros, uma de chantili, uma de morangos e por cima uma segunda fina de chantili.



Sugestão cardápio 2


Entrada:

Salada Tropical


Ingredientes:

-1 pé de alface americana1 pé de endívia1 pé de radicchio1 maço pequeno de rúcula.

-1 xícara (chá) de cenoura ralada1 xícara (chá) de repolho branco ralado

-1 xícara (chá) de repolho roxo ralado1 xícara (chá) de broto de alfafa

-½ xícara (chá) de tomates secos
-10 bolinhas de mussarela de búfala
-5 unidades de kani desfiado
-½ xícara (chá) de passas
-½ xícara (chá) de castanha do Pará picadas
-50g de batata palha1 manga cortada em tiras
-1 kiwi cortado em rodelas


Molho de mostarda ou de iogurte e parmesão ralado a gosto


Ingredientes (molho mostarda):

-½ xícara (chá) de limão ou vinagre
-1 xícara (chá) de azeite
-1 xícara (chá) de mostarda
-3 colheres (sopa) de molho inglês
-1 colher (sobremesa) de açúcar
-1 xícara (chá)
-creme de leite
-Sal a gosto


Ingredientes (molho de iogurte e parmesão ralado):

-2 xícaras (chá) de iogurte natural
-200g de parmesão ralado
-1 dente de alho picado
-1 colher (chá) de molho inglês
-3 colheres (sopa) azeite
-1½ colher (sopa) de vinagre branco
-Sal a gosto

Modo de preparo (molho de mostarda):
Misture todos os ingredientes, menos o creme de leite e bata no liquidificador. Quando estiver bem batido acrescente o creme de leite e bata novamente.

Obs: se quiser um molho mais liquido acrescente 1/2 xícara (chá) de água.

Modo de preparo (molho de iogurte e parmesão ralado):
Junte todos os ingredientes no liquidificador ou bata manualmente.

Modo de preparo salada (montagem):

Numa saladeira ou em um prato de sua escolha, monte a salada como preferir, ou siga está sugestão: alface americana, endívia, radicchio, rúcula, cenoura ralada, repolho roxo e o branco, broto de trevo ou a alfafa, tomate seco, mussarela de búfala, kani, uvas passas, castanha do Pará, batata palha, manga, kiwi e tempere com o molho de mostarda ou outro molho de sua preferência.


Prato Principal

Camarão com ervas finas

Ingredientes
-01 kg de camarões grandes e limpos

-01 ovo
-Farinha de rosca para empanar
-Limão
-Sal e pimenta

Ingredientes (molho branco):
-½ litro de leite
-Farinha de trigo para engrossar
-Ervas finas
-400gr de requeijão cremoso
-Azeite
-Cebola picada

Modo de preparo (camarão):
Tempere e empane os camarões.
Frite-os e reserve.

Modo de preparo (molho branco):
Dissolva a farinha de trigo no leite, numa outra panela frite a cebola e os temperos no azeite.
Coloque o requeijão cremoso até derreter, acrescente a farinha com leite, apure mais um pouco.
Coloque os camarões num refratário, cubra com o molho branco, salpique salsinha picada e sirva quente.

Sobremesa

Mousse de Maracujá

Ingredientes
-1 lata de leite condensado
-1 lata de creme de leite
-½ lata de suco de maracujá natural (a mesma medida dos itens acima)
-Para o suco de maracujá bater a polpa com sementes de 3 maracujás (azedo) no liquificador e coar.

Modo de preparo
Bater todos os ingredientes no liquidificador por alguns minutos.
Colocar em uma compoteira ou taças individuais e levar à geladeira.
Reservar algumas sementes inteiras e um pouco do suco de maracujá e adicionar sobre a mousse depois de gelada.

Vestidos do KZ Atelier Noivas

KZ Atelier Noivas

KZ Atelier Noivas
kz

Vestidos 15 anos do KZ Atelier Noivas